Você foi embora

08 julho 2018

Eu estou tentando achar um espaço para enterrar a dor, mas não consigo escavar tão fundo a ponto de escondê-la de mim mesma, porque tudo é tão pior sem você. Já não consigo contar os segundos, cada um deles parece uma eternidade maior do que eu posso suportar. Você vivia dizendo para mim que eu era impaciente, e não é que você tinha razão. Ontem eu fui naquele nosso lugar favorito. Meu coração quase parou quando olhei para o lado e nada de você. Eu estava com as mãos soltas ao lado do corpo ao invés de ter os seus dedos entrelaçados aos meus.

Ficou faltando você para preencher o vazio que costumava ocupar, mas que agora é uma estrada vazia que consome cada centímetro por onde passa, cada paisagem bonita se despedaça como um vidro sendo quebrado intencionalmente, mas a diferença é que eu não tenho o controle, sou uma bomba relógio que não pode cair nas mãos erradas, porém não faço ideia do que fazer quando eu própria sou errada.

Juro que ainda sinto o teu abraço apertado, sinto os teus braços me protegendo do mundo lá fora e ainda ouço as suas histórias que me faziam rir até a barriga começar a doer. Você costumava me levar para o nosso lugar preferido e pedir a minha bebida favorita: aquele cappuccino bem doce que me fazia sorrir de canto a canto. A sua garota não tinha medo de te dizer tantas vezes seguidas o quanto te amava por inteiro, sem exceções, sem devolução, sem pedir desconto. 

Parece que meu peito vai explodir de agonia. Faço o mesmo caminho todos os dias esperando te encontrar por aí, mas você não vai estar lá me esperando como antes, vai ser apenas sua lembrança vagando desoladamente em mim como se cada detalhe de você estivesse mergulhado aqui. Eu só quero te sentir mais uma vez, nem que fosse por um breve segundo, porque não sou de pedra, e estou muito longe de ser, pareço mais um prédio em demolição que espera toda a sua estrutura vir a baixo.

Não dá para matar a saudade com um simples golpe e esperar que tudo se desfaça, que tudo vire poeira e destroços de uma hora para outra, porque até mesmo eu desconheço o efeito que você ainda tem sobre mim. Só de você estar comigo já era o suficiente para me tirar o peso dos ombros. Mas agora eu me sinto mais sozinha do que nunca. Você foi embora, e acho que não vai voltar. 

0 comentários:

Postar um comentário