A arte de recomeçar

26 outubro 2018

Recomeçar... De tudo o que existe, entre tudo o que o mundo já conheceu e o que ainda é desconhecido, os recomeços fazem parte da nossa vida, e são essencialmente necessários. Acredito que seja o que recarrega as nossas forças, supre as nossas fraquezas e nos permite encontrar um novo próposito quando os anteriores já não são o bastante. 

Mas recomeçar sempre dá medo, a gente começa a sentir aquele friozinho na barriga, as mãos começam a suar e o coração até bate mais rápido, quase descontrolado. Nunca nos sentiremos preparados para iniciar uma nova jornada, seja em uma nova faculdade, em um novo emprego, conhecendo pessoas diferentes, pois a insegurança também faz parte desse processo de mudança e transformação. 

Após um tempo em uma determinada rotina, vivendo os mesmos hábitos e absorvendo a mesma gama de estímulos, acabamos nos familiarizando e uma parte de nós se acomoda fortemente. 

Mas recomeçar é um presente... É maneira que encontramos para encerrar ciclos e iniciar outros, é  a forma como encontramos um novo caminho para seguir em frente, é como nos damos uma nova chance quando as nossas próprias escolhas estiverem pesadas demais para serem carregadas sozinha, é o jeito que ouvimos nós mesmos quando as coisas de fora já não estiverem mais fazendo sentido, é descobrir que dá pra ser feliz sim mesmo quando todo o mundo dizer o contrário. 

Recomeçar é achar dentro de si próposito, força, luz, resistência. É dizer a si mesma que já chega, é entender os seus limites e até onde se é capaz de ir, é refazer o que já estava sendo feito só que de um outro jeito, de uma maneira nova, e só sua. 

Recomeçar é poder deixar de lado o passado e lembrar todos os dias que ele não vai determinar o seu futuro, porque quem você será, a pessoa que irá se tornar e o que irá fazer, depende unicamente do agora, de você dizer sim aos recomeços diários da vida, e não se abalar quando for necessário começar de novo, porque todos nós - uma hora ou outra -  precisaremos. 

Ela é azeda como um limão

22 outubro 2018

Ela aprendeu, de um tempo pra cá, a não precisar provar nada pra ninguém. Ela não é mais aquela garota que precisa ser o centro das atenções em todos os lugares que vai, e nem ficar forçando a barra pra que isso aconteça, porque ela é tão única, e tão perfeita com as suas imperfeições, que não existe olhar despercebido que não a note; ninguém sabe se é a sua beleza de outro mundo ou a sua inteligência que deixa todos de boca aberta. Ela só é assim, e ponto final. 

Essa garota é o interesse de muitos, mas não adianta chegar oferecendo presente caro, jantar romântico a luz de velas, e muito menos tentar impressioná-la com um carro de última geração, porque ela gosta mesmo é de coisas simples, de boas risadas, de casquinha do Mc Donald's em uma tarde quente, tudo com bastante calma, de ir conhecimento aos poucos e se mostrando devagarinho também, seja as suas preferências, os seus gostos, as suas manias. Ela é complicada, mas só precisa de alguém que vá descomplicando-a aos poucos. 

Ela é a mistura de muitas coisas, sabe ser grossa quando precisa, carinhosa quando a situação exige e sabe ser equilibrada quando a vida pede. Não adianta colocá-la dentro de um rótulo, porque ela vive em constante transformação, não gosta de rotina, por isso está sempre se reinventado por aí, indo pra lugares novos, conhecendo pessoas diferentes, se permitindo aprender o tempo todo.

Às vezes, ela vai guardar todo o sentimento dentro de si, vai colocá-lo dentro de uma caixinha até tudo estar tranquilo novamente, mas em outros momentos, ela vai querer falar o que sente, cada detalhe do que está pensando até esvaziar-se por completo. Já viveu tantas decepções que agora não se deixa magoar fácil, vive com uma proteção interna que a faz tomar cuidado onde pisa só pra não correr o risco de acordar no dia seguinte com alguns hematomas pelo corpo. Ela já se machucou tanto que se tornou azeda como um limão, mas agora está aprendendo a ser doce com a vida. 

[Desafio das Cartas] Escreva para alguém que se afastou de você

17 outubro 2018

Em algum lugar que não é tão importante, 17 de outubro de 2018

Dear, ou como eu costumo te chamar, vadia 
Acredita que em nenhum momento eu deixei de pensar em você, ou de qualquer forma, na gente? De vez em quando me vejo imaginando o quanto eu te achava linda, idolatrava a ligação que parecíamos ter como se ela fosse um elo inquebrável e infinito, mesmo sendo uma espécie de vínculo que me pegou desprevenida e em um dos momentos que eu mal considerava me apegar tanto a alguém, mas você deu um jeito de destruir qualquer sentimento; por menor que fosse, você foi a responsável por pisotear e esmagar toda moral que eu tinha por alguém como você. 

Você me surpreendeu de uma maneira que ninguém mais conseguiu, e foi em um ponto tão extremo que eu faço questão de te parabenizar por tanta manipulação e joguinhos de interesse. Se no começo eu fiquei triste por você ter ido embora? Mas é claro que fiquei, no entanto depois caiu a ficha do quanto eu apenas havia ganhado por você ter se afastado, porque nós duas sabemos que foi melhor assim, evitar que eu me contaminasse com tanta sujeira me fez agradecer por cada instante que você ficou longe e continua, é óbvio. 

Lamento dizer, mas a escolha foi sua. Te dei todos os motivos para que fôssemos uma dá outra, aquele tipo de amiga que segura o cabelo da outra depois de colocar para fora toda a bebida de horas antes, mas você escolheu se comportar como uma verdadeira vadia sem limites e escrúpulos, e sem o menor sendo de gratidão por todas as vezes em que eu abri mão dos meus poucos segundos para te ajudar, porque em todos os momentos eu estendi a mão para você enquanto você enfiava uma faca pelas minhas costas. 

Você se afastou, mas eu não me arrependo de não ter feito nada, porque aprendi a não ser como você, aprendi a evitar amizades como a sua, aprendi a me desvencilhar de obstáculos que nos prendem a valores ultrapassados e incomuns, a pessoas que se dizem ser uma coisa quando na verdade são o oposto, cê me fez enxergar a pessoa que realmente quero ser; tudo, menos você. Eu quase cai nas suas armadinhas, quase me iludi com as suas palavras, mas não há caráter que fique muito tempo soterrado quando outro alguém cava o buraco até saber onde está pisando. 

Mas eu tenho uma última coisa para te falar: ter sido a tua amiga, mesmo que por pouco tempo, me fez ter vergonha de mim mesma por ter escolhido você: o vômito da própria terra, a escuridão em forma de esterco, o dejeto do ser humano, a pedra na caminho que tanto Drummond disse. E se um dia você desistiu da gente, foi para a minha sorte, para que eu pudesse ser livre de um atraso que só me faria mal, você é a pior lembrança que eu tenho, e se eu pudesse te apagar, eu apagaria. 

Para vadias como você
Com amor, 
Lua

  • Este post faz parte do projeto que consiste em escrever 31 cartas a uma lista de remetentes. Se você gostou, não deixe de comentar, e não se esqueça de seguir nas redes sociais para acompanhar textos cheios de sentimento e que falam de amor com amor. 

Deixe um recado após o sinal

14 outubro 2018


Oi, é verdade que eu te falei que não te ligaria mais, só que o problema é que não dá pra te evitar toda vez que você aparece na metade do meu dia, seja naquele perfume barato que sinto no vagão do metrô, na música que toca no modo aleatório do Spotify ou quando vejo o seu perfil ainda na Netflix aqui da TV de casa. Não consigo ignorar o efeito que você ainda tem sobre mim. E depois de todas essas semanas, eu ainda não te arranquei do peito, e por isso, a saudade só tem aumentado, e numa proporção absurda, mas eu sou fraco demais pra decidir não pensar em todos aqueles momentos perfeitos que tivemos, de quando andávamos de mãos dadas no shopping e parávamos pra tomar uma casquinha de baunilha, que talvez ainda seja a sua favorita. Você pediu um tempo, e apesar de todas as suas palavras terem me destruído de um jeito que nunca mais poderei ser o mesmo cara de antes, eu respeitei a sua escolha mesmo sem entender o porquê de você estar me deixando.
Entendo que ponto final é ponto final, mas eu sei um jeito muito fácil de acrescentar mais dois pontinhos e transformar em reticências só pra que a nossa história não tenha que sobreviver a nenhum outro final, porque até agora a sua ausência tá doendo demais em mim. Parece que desde aquele dia que você disse pra mim que queria terminar a vida perdeu a graça, e eu já não vejo cor em nenhuma das coisas que você costumava colorir. Perdi a motivação de construir um futuro por saber que quando chegar lá, você não vai fazer parte dele, e tudo o que vou sentir vai ser um vazio desses que não deixam a saudade ir embora, e eu provavelmente vou me afogar no meio de tantas lágrimas, porque tudo em mim é saudade.
Eu acho que sei porque você decidiu abrir mão de tudo o que nós tínhamos, e não foi pela falta de amor, porque isso tínhamos de sobra. A gente tentou de todas as maneiras fazer esse sentimento durar, mas eu dei uma brechinha mínima e tudo foi por água baixo, algo que demorou tanto pra acontecer se desfez em menos de um segundo, e você preferiu abandonar todo esse sentimento ao invés de continuar enfrentando o mundo pra que pudêssemos estar juntos novamente. 
Você disse pra mim que queria seguir em frente com a sua vida, e disse que eu deveria fazer o mesmo, começar a procurar um emprego melhor ou já ir me preparando paras as provas da faculdade, mas eu não consigo dar um passo se quer sem você estar do meu lado, porque todos os meus planos incluem você, desde acordar de manhã em uma segunda-feira ou decidir qual será o nome dos nossos filhos, mas cê decidiu acabar com tudo isso, escolheu um final pra gente mesmo tendo consciência de todas as promessas que fez, dizendo que ficaria comigo, não importasse quem fosse contra ou quantas vezes enfrentássemos o mundo inteiro pra fazer o nosso amor dá certo. 
Mas não é tarde, morena. Você ainda pode ouvir esse recado e sentir o desespero na minha voz, e ter a certeza de que fez a escolha errada e que eu sou sim o amor da sua vida, porque eu pretendo ser o cara certo mesmo quando todos falarem o contrário. Eu ainda vou estar aqui quando cê vier correndo com os olhos cheios de lágrimas e o coração machucado, vou estar pronto pra dar uma nova chance pra gente quando cê estiver pronta pra voltar pros meus braços, e eu estiver pronto pra continuar te amando do mesmo jeito que antes, porque nada vai ter mudado. Nada mesmo. 

Economizando nas compras online com cupom válido

11 outubro 2018

Em tempos de crise - como essa - é essencial manter o bom senso para economizar aquela grana no final do mês, mas eu entendo que não é todo mundo que consegue controlar os gastos e se manter no limite, pois às vezes extrapolamos nas compras, na lista de desejos e tudo mais, porém esse post vem justamente reunir um jeito fácil e prático de economizar que você pode aderir quando for realizar qualquer tipo de compra online e ganhar descontos maravilhosos que irão te salvar. 

Cupom Válido é um site na internet que disponibiliza cupons de desconto de diversas lojas que vendem online, então você pode imaginar de tudo; o principal objetivo é garantir a economia nas suas compras, e não precisa ficar com medo de utilizá-lo, pois as parceiras são confiáveis e o próprio site do Cupom Válido já te direciona para realizar a compra no site da loja que você escolher, e o melhor de tudo é que não há nenhum custo para utilizar os cupons e os descontos e não há limite de uso. Além da praticidade, o Cupom Válido é atualizado diariamente, o que garante novos descontos todos os dias.

COMO FUNCIONA?

Assim que você entra no site Cupom Válido, você pode consultar a lista com todas as lojas cadastradas ou fazer uma busca de sua loja favorita. Além disso, o site já mostra algumas opções de lojas logo no começo, normalmente as lojas com maior procura de cupons e descontos. Você também tem a opção de cadastrar o seu e-mail, e receber notificações sempre que surgir novos cupons e descontos de suas lojas favoritas. 


São diversas variedades de lojas. Assim que você seleciona uma loja especificada para gerar os cupons, aparecerá diversas opções dos descontos disponíveis, explicando quais os valores de desconto, quais produtos e muito mais para você aproveitar nas compras online. 


No caso da Saraiva, há vários cupons com diferentes descontos, bastas escolher qual você deseja, copiar o código do cupom e colar no carinho da própria loja; o melhor de tudo é o que o Cupom Válido explica como funciona o cupom para evitar qualquer dúvida que possa surgir durante a compra online, e isso torna a economia bem mais segura para o usuário. 




Um serviço que utilizo bastante é a 99, principalmente aos fins de semana; então, assim que descobri a facilidade que o Cupom Válido nos garante ao fornecer os descontos, inclusive na 99, não perdi tempo e já aproveitei para me cadastrar e garantir um desconto na próxima corrida



Essa foi a dica de hoje. Coloca nos comentários o que você achou do post e se todas essas informações foram úteis pra você. Beijos. 

Eu amo os nossos momentos juntos

07 outubro 2018

Sou apaixonada por cada detalhe que forma a nossa história, até mesmo pelas brigas que a gente não consegue evitar, que começam de repente, que nos faz perder a noção de muita coisa. Tem vezes em que transformamos tudo em razão para uma discussão boba, a gente tem a mania de provocar um ao outro, de dar aquelas alfinetadas só para ver até onde vai o nosso limite, pra ver quem é que aguenta mais tempo, a gente até parece cão e gato, enche o saco do outro até não dá mais pra continuar, eu acabo me irritando e dizendo que vou embora, que a paciência já deu, mas sempre fico, e depois quando percebo estamos deitados na cama, dando tantas risadas que até perdemos a noção do tempo, e tudo porque não conseguimos ficar longe um do outro. 

Você não se lembra nenhum pouquinho da gente?

09 setembro 2018

- Oi.
- Quanto tempo!
- Verdade. 
- Você mudou.
- Não.
- Tá diferente. 
- Talvez.
- Parece que amadureceu. 
- É, bastante.
- Tô vendo que cortou o cabelo. 
- Cortei. 
- Ficou legal. 
- Obrigado. 
- Como você tá?
- Tô bem. E como andam as coisas?
- É difícil. 
- O quê?
- Explicar. 
- Como assim?
- É que...
- Continua. 
- Não. 
- Vai, fala.
- Melhor não. 
- Porque?
- Não é nada demais. 
- Então termina. 
- Só tô impressionado. 
- Com o quê?
- Com você.  
- Comigo? Mas...
- Nem te reconheço. 
- É, eu cresci. 
- O tempo passou rápido então.
- Passou mesmo. 
- Quatro anos. 
- Não entendi. 
- Deixa pra lá. 
- Fala. 
- Você não se lembra?
- Do quê?
- Não tem mais importância. 
- E eu devia me importar com o quê?
- Sabe que dia é hoje?
- Claro, é sábado. 
- Dia 15. 
- E daí?
- E o mês?
- Novembro
- Você não se lembra de novembro?
- Não estou entendo.
- Novembro de quatro anos atrás. Não se lembra?
- Não, eu deveria?
- Desculpa, esquece. 
- Me explica, por favor. 
- Você não vai entender. É que você foi a pessoa mais importante que já conheci, a única que foi capaz de mudar cada ponta solta. Assumo que eu deveria ter dado a minha vida pra fazer essa nossa história de quatro anos atrás dar certo, mas cê foi embora. Eu deixei você ir tão facilmente que naquele instante não percebi o quanto isso era capaz de me matar. E sem você, parece que passei esses últimos anos sendo devorado por dentro, sentindo sua falta toda vez em que acordava e percebia que cê nunca mais ia voltar. Tentei superar. Tentei cicatrizar o ferimento, estancar o sangue, mas o corte acabou sendo fundo demais. Demorou pra curar, mas recuperei as minhas forças, e segui em frente, mesmo sabendo que cê nunca mais seria minha, porque eu deixei você ir, deixei que você partisse, deixei que você falasse aquele adeus que jurou nunca dizer. Não tentei te impedir, não te chamei pra uma conversa, não te dei nenhum motivo pra não ir embora, e por isso você foi.
- Cê que sabe. 
- Então tchau. 
- Adeus. 

Sinto tanta saudade de você, cara

06 setembro 2018

Não sei se você percebeu, mas estou tentando me acostumar a sua falta. A gente se separar foi inevitável, e às vezes parece que a vida nos obriga a dizer um adeus mesmo quando não queremos. E foi exatamente isso que aconteceu: cada um foi pro seu canto viver os seus próprios sonhos, e eu tentei de todas as formas te manter no passado, mas você nunca conseguiu ficar longe, não é? Mesmo morando a quilômetros de distância você sempre pareceu estar comigo, mesmo quando eu dizia que não merecia todos os esforços que você já fez pra me ver bem, com aquele sorriso tímido que cê tanto adorava e que fazia questão de ser o motivo por trás dele.

Se lembra de quando eu dormia sem querer em uma daquelas aulas chatas e você ficava me olhando como se isso fosse o seu hobby favorito da noite? Eu tenho sentindo tanta falta disso, principalmente de quando assistíamos aqueles documentários e você tocava minha mão de um jeito que me fazia se sentir tão bem ao seu lado, como se o restante não importasse tanto. Tinha vezes em que eu estava tão sobrecarregada depois de um dia cheio, e você estava lá, tendo a mesma rotina, e ainda assim me dizendo algumas coisas que me deixavam toda boba, porque era tudo o que eu precisava ouvir e você sempre tinha as palavras certas na ponta da língua.

Eu sempre entendia quando você estava tão cheio de preocupações, e quando não era o seu trampo, com certeza eram aqueles trabalhos que fazia da escola, ou as lições que os nossos professores passavam pro dia seguinte, e mesmo assim você nunca pensou duas vezes em me dar um pouquinho da sua atenção, mesmo que fosse só pra saber como eu estava, porque a maioria das pessoas não se importam com a resposta, mas com você eu fazia questão de derramar até mesmo os menores dos meus problemas só pra ouvir um dos seus conselhos que tanto faziam diferença na minha vida.

E acho que você deve ter perdido a conta de quantas vezes eu já te disse que você seria um ótimo psicologo, né? Mas é que você sempre foi o cara que entendeu as minhas dores quando o mundo só fazia questão de julgar, e me estendeu a sua mão até mesmo quando eu achava que era invencível e que poderia superar qualquer decepção sozinha, mas é claro que eu precisei de você pra continuar de pé quando a vida dava uma daquelas rasteiras inesperadas. E depois de tudo, esse cara que está sempre preocupado comigo continua sendo você, mas isso não impede que a saudade dentro do peito aumente, e ao invés de diminuir, ela só aumenta, porque você não ficou só no passado, até hoje é mais presente do que imaginei que seria, e não dá pra me ver longe de você, por mais que eu já tenha pensando que assim seria melhor. 

Eu tenho medo de te perder

02 setembro 2018

Passei os últimos meses acreditando em nós, acreditando que esse amor todo seria o suficiente pra continuarmos juntos, mas eu tô começando a achar que não é, porque eu não tenho tanta confiança assim em nós, por mais que eu diga que sempre vou estar aí do seu lado, eu morro de medo das nossas promessas serem esquecidas no tempo, tenho pânico só de imaginar você me deixando de uma hora pra outra. 

E se você for embora a qualquer momento? Diz pra mim o que eu faço, porque se um dia eu acordar e perceber que a cama fica grande demais sem você, não vai existir ombro amigo capaz de me puxar pra longe da saudade que vai se espalhar pelo peito. Eu vou ficar sentindo a sua falta a cada segundo que perceber que você não vai estar do meu lado, nem hoje, nem amanhã, nem depois, e depois, e nunca mais. E sei que chorar não vai adiantar, nem se eu derramar um mar inteiro vai servir, porque você ainda vai preferir seguir a sua vida, só que dessa vez sem mim. 

E eu não vou poder fazer o mesmo se todas as minhas dúvidas consumirem as certezas que eu venho tentando manter aqui dentro. Como eu vou ficar se não existir mais nada pra sustentar o nosso amor? Como vou superar toda a minha fraqueza se algum dia eu só for capaz de enxergar o buraco que você deixou em mim?

Me apaixonei no primeiro segundo em que eu te vi, e isso já foi o suficiente pra eu querer juntar todas as minhas coisas com as suas e construir uma história pra gente, um futuro pra nós, e eu arrisquei todas as minhas fichas na certeza de que eu te amaria pra sempre, e é claro que eu vou, mas e você? E se um dia você viver e falar pra mim que cansou? Como eu vou reagir se te ouvir dizendo que a nossa história precisa de um ponto final? 

Provavelmente você vai me dar vários conselhos falando que alguns finais são inevitáveis e que precisamos continuar seguindo, mas em que direção eu vou seguir se você não estiver do meu lado pra caminhar junto comigo e pra me guiar quando eu estiver mais perdido que cego em tiroteio? 

Eu tenho medo da gente nunca mais se ver. Meu coração ainda bate todo descompassado sempre que tento imaginar a minha próxima semana sem as nossas conversas exageradas e todos os seus dramas que me rendem boas risadas, vou morrer de saudade se amanhã não ter mais os detalhes bobos que completam os meus dias, vou enlouquecer se não tiver mais a sua boca pra beijar. Eu preciso até das suas manias mais chatas pra implicar e até mesmo das brigas que nunca são brigas de verdade, porque a gente sempre acaba se abraçando e eu te amando cada vez mais. 

Metade da minha alma é insegurança, porque não sei lidar com a minha vida se você não estiver presente pra tornar cada segundinho perfeito. Tenho medo de não poder mais segurar a sua mão quando eu estiver enfrentando aqueles dias ruins que fazem qualquer um perder a cabeça, tenho medo de imaginar um futuro pra mim e você não estiver em nenhum dos meus planos. Só você pra arrancar todas as minhas inseguranças e fraquezas de uma vez só, apenas o nosso amor pra me fazer ver que sempre vou querer estar contigo, não importa quantos medos eu tenha ou se por acaso você é o motivo de alguns deles. 

Eu tentei, mas não sou forte o bastante

04 agosto 2018

Eu juro que passei as madrugadas em claro repetindo diversas vezes que você era passado, que eu havia finalmente apagado toda a nossa história juntos e virado a página de uma vez por todas. Eu juro que tentei excluir cada detalhe seu que ainda fazia parte de mim, cada espaço que você ocupou fiz o impossível para preencher com outras coisas, mas nenhuma deu certo, porque você parece insistir em ficar mesmo depois de ter ido.

Tentei parar de pensar no quanto eu me sentia protegida quando estava do seu lado, o quanto o seu carinho parecia ser capaz de colocar fim a toda insegurança, a toda inquietação, a toda incerteza que eu tinha, porque você era a minha certeza, você me fazia acreditar em verdades que antes pareciam incertas, em sentimentos que eu já havia desistido de sentir, e diferente de todos os outros, você marcou fundo minha alma, se impregnou em mim como uma tatuagem, fincou suas raízes fundas demais para eu simplesmente arrancar quando achasse necessário. 

Por um segundo, achei que eu fosse forte, acreditei que seria uma dessas personagens dos meus filmes de comédia romântica favoritas, que encaram de frente, com a cabeça erguida, que não desiste só porque deu errado, que saem com as amigas e bebem mais do que aguentam, que vão a todas as baladas e que se divertem beijando outras bocas, mas eu não quis beijar nenhuma outra, não quis companhia nenhuma além da minha e não quis beber uma gota se quer de qualquer bebida alcoólica. 

Não adianta o quanto eu fuja, e não importa quantas vezes eu repita a todos que eu tentei, não sou forte o suficiente para me deixar ir sem você. Não posso deixar de pensar que um dia existiu nós, que éramos eu e você do jeito mais sincero e intenso. Não consigo abrir mão tão facilmente de uma história que parecia não ter fim, de um começo que eu nunca imaginei que fosse chegar ao fim, ma agora que chegou, eu percebi que não sou forte o bastante, porque tudo ainda me leva de volta a você. 

Ah, ela é exatamente assim, perfeita

02 agosto 2018

Ela é perfeita, sabe. Mesmo com todas as suas imperfeições e seus defeitos, ela não me cansa de surpreender com o seu jeito único e especial, que faz eu me apaixonar todos os dias um pouquinho mais, porque ela me encanta, é uma música que eu nunca vou cansar de ouvir, uma história que sempre vou querer reescrever e viver. 

Foi essa garota que trouxe uma luz que eu achei que fosse invenção e que não existisse, mas não estou falando daquela luz no fim do túnel que todos falam, eu não precisei ir até o final para poder enxergá-la, não precisei ultrapassar nenhuma escuridão para poder vê-la, porque ela apareceu de uma maneira que era impossível não notar todo o seu brilho, o seu sorriso de canto a canto que me fazia acreditar sem segundas chances e em borboletas no estômago, mesmo isso parecendo impossível. 

Ela chegou na hora certa, ma verdade quando eu menos esperava, mas foi no meio de todo esse caos que eu quis mergulhar fundo e de cabeça, mesmo parecendo loucura e correndo o risco de não dar certo e quebrar a cara, mas eu não precisei pedir licença para ficar, nem ser convidado para me fazer presente, porque eu só quis ir até fim, até a nossa história não ter nenhum ponto final. 

E dessa vez, eu não tive medo, só um pouco de insegurança no começo, mas que ela fez questão de transformar em qualquer outro sentimento só nosso, porque ela tem esse jeito capaz de de me tranquilizar, esse jeito perfeito de me fazer sentir o homem mais corajoso do mundo, de conseguir me dar todos os dias um pouco mais de esperança, de fé, de tudo o que eu preciso para nunca desistir da gente. 

Foi dentro de um dos abraços dela que eu consegui fincar os meus pés de novo no chão, que coloquei um pouco de calma nesse meu coração que eu nunca fui bom de controlar, foi no simples ato de segurar as minhas mãos que eu percebi o quanto eu não queria nunca mais soltá-las, o quanto eu não era capaz de me imaginar longe da garota que mudou cada detalhe da minha vida, porque ela é exatamente assim, perfeita demais. 

Nosso amor é mais forte que tudo

31 julho 2018

É verdade que não é todo dia que a gente consegue se ver, bem que eu gostaria. Tem vezes em que você tá enrolado com as coisas do trampo, e eu com as várias lições atrasadas, algumas outras vezes aquela sua mensagem não chega no meio da tarde, e eu fico ansiosa esperando que você responda, mas só de saber que eu sou a primeira pessoa que você manda aquele bom dia logo de manhã me faz ter certeza que a distância que existe entre uma segunda-feira e uma sexta-feira não é capaz de diminuir nenhum pouco o nosso amor, porque a gente sempre arruma um tempo juntos, sempre nos fazemos presente mesmo na ausência. 

Você me ensinou tanta coisa, e uma delas é que não precisamos estar grudados 24 horas por dia para nos amarmos na mesma sintonia, porque você poderia estar do outro lado do continente, e mesmo assim eu não conseguiria te amar menos nem se eu insistisse. Também não precisamos ser aquele tipo de casal que posta selfie nas redes sociais a cada minuto para mostrar o quanto são felizes juntos, porque não precisamos afirmar para ninguém que somos as pessoas mais sortudas do mundo por termos um ao outro, nós já sabemos disso. 

Não vou mentir dizendo que a saudade não machuca, porque ela faz o peito se apertar de um jeito que eu daria tudo para evitar, mas sabe o que realmente é estar junto? É ficar do lado do outro quando as coisas se apertam, é dividir as dores quando os problemas surgem, é estender a mão para enfrentar as tempestades quando elas aparecerem, é continuar insistindo quando o peso fica insustentável. E isso você sempre faz.

É bom estar junto quando o mar está calmo, mas só quero ver quando as ondas se agitam. São nesses instantes em que percebo que amor como o nosso é um presente, que nossa ligação é tão única que não existe nada e ninguém que seja capaz de desfazê-la, não existe problema que a gente não arrume uma solução, e se não der para arrumar, a gente inventa. Nem mesmo a distância é suficiente para fazer o nosso amor diminuir, porque sabemos que somos mais do que isso. 

Quando as coisas ficam pretas, é pra você que ligo, quando as coisas ficam apertadas é pros seus braços que vou correndo, quando o mundo fica pesado demais para eu carregar sozinha, é em você que encontro um porto-seguro, quando a minha vida começa a sair do eixo é sempre você que fica do meu lado, que seca todas as minhas lágrimas e que diminui as minhas dores, é você que me faz ser forte de novo, que sempre me faz acreditar que o nosso amor vence tudo, porque ele vence a barreira que for. 

Eu jurava que você era diferente

28 julho 2018

Quando você disse que já não queria mais ficar comigo, eu senti cada pedacinho da minha vida se desfazendo por completo. Eu tive que lidar sozinha com o vazio do quarto, com o silêncio do banheiro sem você estar lá para desafinar todas as minhas músicas favoritas, com a cozinha organizada e limpa sem ter você lá pra bagunçar. Fui obrigada a sobreviver a todos os vazios que ficaram, mas o pior foi aquele que ficou em mim, que me bagunçou da cabeça aos pés, que virou o meu mundo de cabeça para baixo e me fez odiar contos de fadas e histórias de amor. 

Você conheceu todos os meus segredos de primeira. Algumas coisas eu nem precisei contar, porque você deu um jeito de juntar as peças do quebra-cabeça até saber todas as minhas fraquezas e receios e medos. Você já apareceu curando todas as minhas feridas, mas o que eu não sabia era que você seria o responsável por abri-las ainda mais.

Minhas amigas até tentaram me avisar, elas ficavam repetindo toda hora que você não era pra mim, que a gente não daria certo por sermos de mundos opostos, mas eu estava cega demais para enxergar a pessoa que você era por debaixo dessa máscara, e por causa disso, eu acabei me entregando a alguém que mais parecia um personagem do que uma pessoa real. Cai no seu papo furado, na suas promessas vazias, nas histórias que não significam nada. 

Eu tive que apagar todas aquelas vezes em que você me pegou no colo, olhou nos meus olhos, e disse com toda a certeza do mundo que ficaríamos juntos para sempre, mas a verdade é que o para sempre nunca existiu, nenhum daqueles planos sobre ter filhos, uma casa na praia e o emprego dos sonhos, nada disso foi verdade, porque você contou tantas mentiras só para que eu pudesse ser mais uma diversão na sua vida. 

Você disse que nunca me machucaria, disse que éramos perfeitos, e que a nossa história renderia boas lembranças, mas agora eu tento todos os dias apagar o que você foi no rápido tempo que ficou, tento viver com a pessoa que você me transformou quando foi embora, e é difícil não me sentir machucada se o tempo todo sinto que falta algo. E o pior de tudo foi ter acreditado que dessa vez seria diferente, mas você entrou na lista de mais uma decepção. 

Porque não conversamos mais uma vez sobre a gente?

25 julho 2018

Nos conhecemos a pouco mais de, sei lá, quase um ano juntos né, e dá para imaginar quantas histórias, momentos e lembranças construímos juntos? Todos os dias parece que cada pedacinho do que nos tornamos continua agarrado a mim de um jeito que é impossível diminuir ou afrouxar o nó,  porque eu aprendi a gostar de você, das suas manias, das suas indecências, gostei de esbarrar na sua intimidade, de conhecer um pouco dos seus desejos, sonhos e fraquezas, e agora tudo de mim só gostaria de continuar ocupando um espaço aí do seu lado. 

Mas não dá, e eu me convenci disso no mesmo instante em que percebi que essa nossa história não estava mais dando certo, embora todo meu lado imprevisível repetisse inúmeras vezes que uma chance a mais não mataria ninguém, mas o que ninguém sabia é que todas as nossas tentativas de arrumar a bagunça, os mal entendidos, as discussões que nunca terminavam com um pedido de desculpa, parece que tudo contribuiu para me desgastar um pouco mais, para aumentar todo esse intervalo que existe entre nós. 

Não queria precisar me desapegar do passado, muito menos de cada parte que envolva você, das nossas viagens juntos, das idas e vindas aos seus restaurantes favoritos, das loucuras que compartilhamos um com o outro, dos momentos em que você me deu coragem para fazer o que nunca fui determinada o suficiente para fazer sozinha, como pular de asa delta e experimentar aquelas comidas que nunca ouvi falar. 

Parece que fui eu que abri mão de nós, mas eu apenas abri espaço para colocar a cabeça no lugar, para poder voltar ao eixo e tocar o chão novamente, porque assim parece ser mais fácil acreditar e me convencer de que foi melhor desse jeito: cada um no seu canto. Talvez eu vá sentir falta, talvez eu queira, por um segundo, desfazer a confusão que ficou, de tentar mais uma vez só para ter certeza que não era para ser, de te mandar uma mensagem perguntando se não dá para voltar atrás e conversar só mais uma vez sobre a gente, mesmo que seja uma conversa silenciosa em um bar, bebendo uma bebida gelada enquanto esperamos os aperitivos, mas é claro que não dá, porque não era para ser. 

Você sempre vai ser meu único amor

20 julho 2018

Eu poderia ficar falando por horas todas as pessoas que já apareceram na minha vida, poderia contar  por semanas como foi cada um delas, como foi ser invadida por tantos outros sentimentos que hoje já nem existem mais, mas que na época me tiraram completamente o sono, me fizeram acreditar que eu não poderia sobreviver porque parecia o fim do mundo me ver sem eles. Poderia ficar falando das primeiras cartas que recebi e daqueles primeiros recadinhos que escrevi pra destinatários que eu jurava estar apaixonada pra sempre, mas que hoje nem se quer consigo lembrar quem eram. 

Você não foi o primeiro que me beijou, não foi o primeiro a segurar nas minhas mãos e jurar que nunca mais soltaria, você não foi o primeiro a me tirar totalmente do eixo, você não foi o primeiro a fazer cada borboleta do meu estômago se agitar sem saber o que fazer, você não foi o primeiro que fez meu coração bater tão acelerado e as minhas pernas tremerem de tanta ansiedade, você não foi o primeiro a me contar uma piada sem graça e mesmo assim me fazer rir, você não foi o primeiro que se transformou no meu porto-seguro, não foi você quem me deu o primeiro abraço e disse as primeiras palavras românticas do meu ouvido, antes de você eu já tive alguns outros amores. 

Antes de você eu conheci outros rapazes, sorri para outros rostos, me aconcheguei em outros braços achando que estaria segura para sempre, me declarei achando que tinha certeza do que sentia, antes de você eu chorei por semanas, antes de você eu acreditei em finais felizes mesmo nunca tendo um, antes de você eu já tive o coração quebrado, antes de você eu já colecionei algumas decepções, uma atrás da outra, antes de você eu acreditava que tinha encontrado o amor da minha vida, antes de você eu assumo que já deixei de acreditar em contos de fada e em príncipes encantados, antes de você eu já esperei um jantar a luz de velas e café na cama. 

Antes de você eu construí algumas histórias, fiz alguns outros planos, antes de você eu já quis ir pro México, já quis viajar o mundo inteiro com a pessoa que eu jurava ser a minha alma gêmea, antes de você eu vivia falando de casamento e filhos, antes de você eu comecei a achar que eu não tinha sorte alguma nessa coisa de amor, antes de você eu tinha quase certeza que nunca entenderia o sentindo de tantas chances que nunca deram certo, antes de você eu tive medo de ficar sozinha por muito tempo, antes de você eu acreditava que não existia ninguém que valesse a pena lutar, antes de você eu parei de ter fé no amor, parei de tentar toda vez fazer dar certo, antes de você eu me acostumei a não ter ninguém, até você aparecer e mudar cada centímetro da minha vida, ajeitar a bagunça que eu havia varrido para debaixo do tapete, e então tudo foi voltando aos eixos, começando a ficar claro de novo. 

Você odeia saber que eu tive outros amores, porque você daria tudo para ter sido o primeiro, o primeiro a me conquistar, o primeiro a ter entrado na minha vida e ficado, mas é exatamente por não ter sido que eu percebi que foi necessário que todas as outras histórias não tivessem dado certo, que elas tivessem chegado a um fim quando eu implorei para que nunca tivessem, porque foi assim que eu te encontrei, foi assim que a gente começou a dar certo, que você ficou, e agora eu tenho tanta certeza de nós, tanta certeza do que eu quero, que sempre foi você, mesmo eu tendo desacreditando tanta vezes que o amor era pra mim, sempre vai ser você. 

Eu já me perdoei

14 julho 2018

Eu já me vi reclamando de muita coisa. Perdi a conta de quantas vezes eu precisei chorar um pouco mais pra aliviar o desespero. É claro que eu já tropecei no meio de uma caminhada por achar que eu não conseguiria chegar até o fim, e muitas vezes eu procrastinei ao invés de encontrar um bom motivo que me fizesse não adiar alguns dos meus planos. Falhei repetidas vezes quando jurei que dessa vez seria diferente, mas continuei cometendo os mesmos erros e repetindo as mesmas desculpas. 

Mas chegou um dia em que eu me perdoei por todo o passado que vivi, e por todas as escolhas sem fundamento que fiz, e pelas chances que bateram na minha porta, mas que eu acabei ignorando ao achar que mais tarde daria tempo de correr atrás, mas é claro que não deu, porque você recebe exatamente aquilo que oferece, na mesma intensidade e com a mesma proporção. 

Chega uma época que você para de olhar tanto pra trás como se a sua vida tivesse ficado por lá. Ficar preso ao passado não vai te fazer seguir em frente, e também não vai te fazer bem, porque é como dizem, você vai acabar sofrendo duas vezes. Eu consegui me perdoar por todas as vezes em que deixei a fraqueza ser maior, e com o tempo me permiti ver quais eram os meus limites e como ultrapassá-los, exigiu um sacrifício enorme não me culpar por tudo o que deu errado lá trás e conseguir enxergar que o sentido da vida deve ser sempre em frente.

Algumas coisas tiveram que acontecer. As decepções me fizeram amadurecer. Aprendi a lidar com aquele relacionamento que terminou de uma hora pra outro ou com aquele sonho que deixei incompleto porque parece que tudo ao meu redor queria que desse errado. Parei de julgar o meu eu do passado quando percebi que não dá pra fugir de algumas consequências, e que o mundo é um lugar infinito de idas e vindas, de pessoas que entram, mas que não ficam tempo o suficiente para o chá da tarde, é um ciclo de saudade e falta, mas a vida é assim, e eu já me perdoei por tudo o que aconteceu. 

Você foi obrigado a tomar uma decisão quando ainda estava despreparado para saber o que realmente era o melhor naquele momento e por isso, acabou quebrando a cara novamente, mas quando você se perdoar, vai perceber que ainda dá tempo de reescrever a história que saiu do eixo, de completar as entrelinhas de um jeito diferente, porque não adianta ficar preso no mesmo capítulo e viver sempre as mesmas coisas. Chega uma hora em que tudo começa a fazer sentido. Para receber, primeiro você precisa dar. É necessário aprender que para chegar em algum lugar, você precisa dar um passo de cada vez e que um dia as opiniões negativas só servirão para aumentar a sua vontade, e que às vezes faz bem sentir saudade, mas o principal de tudo é que você aprenda que o importante mesmo é se perdoar. 

Você foi embora

08 julho 2018

Eu estou tentando achar um espaço para enterrar a dor, mas não consigo escavar tão fundo a ponto de escondê-la de mim mesma, porque tudo é tão pior sem você. Já não consigo contar os segundos, cada um deles parece uma eternidade maior do que eu posso suportar. Você vivia dizendo para mim que eu era impaciente, e não é que você tinha razão. Ontem eu fui naquele nosso lugar favorito. Meu coração quase parou quando olhei para o lado e nada de você. Eu estava com as mãos soltas ao lado do corpo ao invés de ter os seus dedos entrelaçados aos meus.

Ficou faltando você para preencher o vazio que costumava ocupar, mas que agora é uma estrada vazia que consome cada centímetro por onde passa, cada paisagem bonita se despedaça como um vidro sendo quebrado intencionalmente, mas a diferença é que eu não tenho o controle, sou uma bomba relógio que não pode cair nas mãos erradas, porém não faço ideia do que fazer quando eu própria sou errada.

Juro que ainda sinto o teu abraço apertado, sinto os teus braços me protegendo do mundo lá fora e ainda ouço as suas histórias que me faziam rir até a barriga começar a doer. Você costumava me levar para o nosso lugar preferido e pedir a minha bebida favorita: aquele cappuccino bem doce que me fazia sorrir de canto a canto. A sua garota não tinha medo de te dizer tantas vezes seguidas o quanto te amava por inteiro, sem exceções, sem devolução, sem pedir desconto. 

Parece que meu peito vai explodir de agonia. Faço o mesmo caminho todos os dias esperando te encontrar por aí, mas você não vai estar lá me esperando como antes, vai ser apenas sua lembrança vagando desoladamente em mim como se cada detalhe de você estivesse mergulhado aqui. Eu só quero te sentir mais uma vez, nem que fosse por um breve segundo, porque não sou de pedra, e estou muito longe de ser, pareço mais um prédio em demolição que espera toda a sua estrutura vir a baixo.

Não dá para matar a saudade com um simples golpe e esperar que tudo se desfaça, que tudo vire poeira e destroços de uma hora para outra, porque até mesmo eu desconheço o efeito que você ainda tem sobre mim. Só de você estar comigo já era o suficiente para me tirar o peso dos ombros. Mas agora eu me sinto mais sozinha do que nunca. Você foi embora, e acho que não vai voltar. 

Ela não é tão simples

02 julho 2018

Ela se faz de difícil. Não sabe ser fácil quando todas as barreiras estão ativadas, por isso para conquistá-la é preciso estar preparado para desarmar cada uma delas, mas saiba que não é na primeira tentativa que ela se deixa transparecer por completo, não é no primeiro encontro que ela conta todos os detalhes da sua vida como se já te conhecesse há anos, porque ela é cautelosa demais para permitir que qualquer um ocupe espaço na sua vida. 

Não é na primeira troca de olhares que ela começa a criar expectativas para o futuro, não é na primeira conversa que ela começa a acreditar nesse papo de casamento e filhos, porque ela é tão desconfiada de tudo e todos que não consegue entrar de cabeça em uma possibilidade que pode nem chegar a dá certo, ela é muito pé no chão para imaginar contos de fadas e príncipes encantados. 

Pode até parecer que ela não está interessada, mas primeiro ela tem a mania de observar onde está pisado só para ter certeza de que não é nenhum campo minado, que não é nenhum outro joguinho que só termina quanto alguém machuca o coração, porque ela gosta de evitar traumas e impactos que demoram para se curar; também não se importa com status ou com jantares românticos nos restaurantes mais caros da cidade, porque não é com essas coisas que ela está preocupada. 

Na verdade, tudo o que ela quer é alguém que pergunte como foi o seu dia, que não canse de ouvir as suas histórias e conspirações que só ela entende, alguém que a abrace depois de maratonar algumas das séries da Netflix, alguém que sabia contar uma piada, mesmo se for uma daquelas sem graça, porque ela vai rir só de ter contado, alguém que a surpreenda com uma barra de chocolate e um pedaço de pizza enquanto ela está deitada no sofá, ela só quer alguém que esteja presente, e que a toque sem precisar de fato tocá-la, porque ela quer alguém que conquiste cada pedacinho do coração antes de cada espaço do seu corpo. 

Você é o meu melhor presente

27 junho 2018

Você acha que eu sou a pessoa mais confiante do mundo quando se trata de nós, mas acredita que eu sou da cabeça aos pés mergulhada em várias inseguranças? Mesmo sabendo que cada parte da nossa história já deu certo e que o restante dela iremos construir juntos do jeitinho que planejamos, eu ainda tenho um medo danado das coisas não saírem da maneira como imaginamos, porque eu não aprendi a viver o agora sem você do meu lado e muito menos o futuro. 

Quero continuar acordando nos finais de semana com você me abraçando logo de manhã, com você me enchendo daqueles teus beijos e dizendo baixinho no meu ouvido o quanto me ama, porque só você para despertar tanto sentimento em mim de uma vez só e com tamanha intensidade, e mesmo com todas as certezas que você me dá, ainda bate aquele medo traiçoeiro no peito, mas a única coisa em que consigo pensar é no quanto eu quero cuidar de você. 

Quando você estiver triste por algum motivo que talvez eu não faça ideia do que seja - mas eu te conheço tão bem que não tem como passar despercebido - eu vou te enrolar nos meus braços até arrancar a força todo o teu cansaço, vou fazer as minhas brincadeiras até você não ter escapatória e sorrir de volta, porque eu quero ser o motivo do teu sorriso mesmo quando você estiver pra baixo e também porque quando estamos juntos eu só penso em cumprir todas as promessas que fiz de cuidar do maior presente que eu poderia receber: você. 

Sinto que a nossa história teve que acontecer, e se não fosse agora, seria em outro momento ou em outra existência, porque de algum jeito, o que temos ultrapassa todos os limites, o que somos me tira do eixo, me faz viajar por um sentimento que me faz melhor a cada dia, ou melhor, a cada instante, e se não fosse você e tudo o que construímos juntos, eu não me sentiria a pessoa mais sortuda no universo por ter conquistado o melhor presente de todos: você. 

Um recado do ex para o atual dela

24 junho 2018

É cara, eu assumo que vacilei. Dessa vez, eu cometi o pior erro da minha vida, e sei que não posso voltar atrás e mudar todas as vezes em que falhei com ela, em que não a ouvi, e que me fiz de indiferente sempre que ela se preocupava comigo a ponto de encher todas as minhas redes sociais de mensagens desesperadas dizendo que sentia a minha falta e que não aguentava mais a saudade, mas eu sempre estava muito ocupado com a faculdade, com os amigos, os trabalhos, e com todas as desculpas que eu arrumava pra não fazer o papel de namorado romântico, porque de romântico eu não tinha absolutamente nada. 

Muitas vezes eu preferi aceitar um convite pra balada no fim de semana ao invés de ficar em casa e fazer maratona das suas séries favoritas na Netflix. Eu me jogava no mundo sem me preocupar se havia uma aliança no dedo ou não, se havia alguém do outro lado da cidade me ligando a cada minuto pra saber como eu estava, mas a partir do sexto gole de uísque, eu já não conseguia me lembrar de nada, e então parecia que eu era solteiro novamente, pronto pra curtir o restante da noite até sentir a ressaca na manhã seguinte em forma de dor de cabeça.

Antigamente eu não corria atrás depois de uma briga, eu dava as costas e ia embora, sem me preocupar com as lágrimas que aquela garota derramava, sem me dar conta de todo o desespero que ela devia estar sentindo dentro do peito. Depois de uma briga, eu não sofria, não fazia drama, não chorava, e não perdia o sono. Mas hoje, eu sinto tudo o que naquela época ignorei e com uma intensidade fodida. Hoje eu sinto que talvez o coração não aguente mais sofrer por uma decisão minha, uma escolha que não vai ser desfeita, nem se eu aparecer no portão da casa dela com um buquê de rosas e uma caixa dos chocolates favoritos dela, e um pedindo de desculpas. Nada do que eu faça vai fazê-la me perdoar, mas você tem a chance de fazê-la feliz, dessa vez alguém tem a oportunidade de valorizar a garota mais incrível que o mundo já teve. 

E vai por mim, você não vai querer perdê-la por nada. Não sei como eu tive coragem de quebrar tantas vezes um coração tão inocente. É claro que ela tinha um pouco de maldade e malicia dentro de si, e parando pra pensar, isso a tornava ainda mais irresistível, mas a alma dessa garota tem uma bondade que o mundo ainda desconhece, e por ela, eu deveria ter tentando encontrar um jeito de arrumar a minha bagunça e mudar todas as minhas falhas, concertar os meus erros, talvez ela ainda estivesse aqui se eu não tivesse sido o bacaca mais desprezível da vida dela. 

Eu deveria tê-la chamado pro cinema mais vezes ao invés de economizar todo o meu dinheiro pra curtir um fim de semana inteiro com os colegas da faculdade, eu deveria ter mandando todas aquelas mensagens de bom dia e boa noite antes de cair no sono, mas eu não lutei o suficiente pra ter um amor como o dela por toda a minha vida. Eu fracassei de um jeito que machuca só de falar, de uma maneira que faz o meu coração diminuir toda vez em que sinto a falta que ela faz. 

Mas ela te escolheu quando eu acabei me tornando nada mais e nada menos do que uma parte ruim do passado dela, passado que ela nem deve ter a intenção de reviver. Vai por mim, cê nunca vai encontrar uma garota como ela, nem em sonho tu vai ter uma outra oportunidade como essa, então aproveita, cara, porque se você não valorizar, sempre vai ter alguém disposto a fazer isso por você. 

Palavras para quando tudo estiver difícil

21 junho 2018

Olha, eu não te conheço, talvez nunca tenha ouvido falar de você, mas eu sei que por alguma razão, você deve estar sentindo o coração apertado, como se não coubesse mais nada dentro dele de tão sobrecarregado que ele tem ficado nas últimas semanas, sei que talvez a pressão tenha sido tanta que você acha que se não passar, não vai poder aguentar nenhuma segundo a mais, porém eu sei que vai passar, e também tenho certeza de que você não é o único que tem a sensação de que uma hora ou outra o mundo inteiro vai acabar desabando sobre os seus ombros, porque a gente compartilha as mesmas dores de outras pessoas, e às vezes, nem sabe. 

Tudo porque a vida não deixa barato, e cobra mais do que estamos acostumados a pagar. Eu já perdi a conta de quantas vezes eu já culpei o universo por todas as coisas ruins que aconteceram, ou por todos os planos que não deram certo, e você pode até insistir em culpar algum deus por todas às vezes em que a sua vida saiu da linha, e você se sentiu perdido, mas não adianta chorar e esperar que as coisas boas venham até você, porque é você que precisa ir atrás delas, você que precisa querer mudar, porque a vida só muda quando você parar de aceitar que as coisas continuem do jeito que estão, quando parar de empurrar tudo com a barriga só porque é mais cômodo fazer desse jeito. Precisei quebrar a cara um monte de vezes até aprender que o universo te dá tudo aquilo que você oferece, por mais simples que tenha sido uma atitude, ele vai te oferecer exatamente o que você acredita merecer. 

Não permita que as coisas ruins da vida te deixem acorrentando, ou que todo esse caos que enfrentamos no dia-a-dia te faça esquecer das coisas pelas quais ainda vale a pena lutar. É normal não ter certeza para onde você quer ir, mas não vá em qualquer direção com medo de não seguir nenhuma, é melhor que você tenha um pouco mais de paciência pra colocar cada coisa em seu devido lugar do que inventar a si mesmo a desculpa de que é melhor continuar colocando toda a bagunça pra debaixo do tapete com a intenção de fazê-la desaparecer, mas eu sei que isso também não vai funcionar.

Então levanta dessa cama, porque fazer maratona das séries da Netflix não vai adiantar muita coisa, porque não vai ser o seu personagem favorito que vai bater na sua porta pra resolver os seus problemas, é você que precisa aprender a ser forte sozinho, e a não depender de ninguém mais pra correr atrás dos seus próprios sonhos, porque você também é capaz se acreditar o suficiente em si mesma. Eu sei que um dia você vai olhar para trás e agradecer todo o esforço que fez e todos os obstáculos que teve coragem de enfrentar até alcançar o que sempre desejou, mas até lá, não abaixe a cabeça pra nada e não desista. 

Eu aprendi a viver a minha vida sem você

01 junho 2018

Eu já não penso mais em você. Depois de todo esse tempo, eu aprendi a viver a minha vida de um jeito diferente, reinventei meus hábitos e comecei a acreditar em novas crenças e abandonar velhas ideias que já não pareciam me satisfazer, e você ficou completamento no meu passado, deixei você dentro de uma caixa no porão, onde o tempo se encarregou de todo o resto. 

Amadureci de uma maneira na qual eu passei a não precisar mais de você para me sentir completa, porque eu me apaixonei de novo e descobri um pouco do amor que eu achava que havia encontrado em você. Finalmente entendi que você já não precisava fazer parte da minha vida e depois de tantas decepções e de tanto quebrar a cara na mesma insistência, eu me desintoxiquei totalmente do seu encanto, daquele sorriso inocente que não me fazia dormir a noite, daquele misto de sensações que acelerava tudo em mim sempre que eu te via. 

E então, como em um passe de mágica, você apareceu dizendo com a maior cara de pau que ainda tem o meu número na sua lista de contatos, que depois de todo esse tempo não se deu se quer ao luxo de excluí-lo, nem depois de todas as vezes em que eu só consegui jogar na sua cara o quanto você me destruiu por semanas inteiras, porque você conseguiu superar todos os outros, em uma proporção difícil de esquecer tão facilmente. 

Não importa quanto tempo fique no passado, ou o quanto você ainda vai viver, porque ninguém te amou mais do que eu amei e ninguém jamais me marcou do jeito que você me marcou, tudo começou por você, mas agora eu já não te amo mais, não importa quantas vezes eu veja a sua foto no history ou quantas mensagens suas eu ainda receba, porque agora já não me resta nada do sentimento de antes, nenhum resquício se quer do que eu já havia sentido, e agora, outro alguém já conseguiu substituir toda a marca que você deixou no peito, agora não resta mais nada de você. 

É com você que eu quero viver

26 maio 2018

E construir toda a minha história, porque é você que me sustenta quando eu acho que não vou aguentar nenhum segundo a mais da minha rotina, é você que me coloca no eixo depois de uma queda, quando os meus pés param de tocar cada centímetro do chão e parece que não vou conseguir encontrar terra firme de novo, é você que me segura firme quando eu me desiquilíbrio um pouco e sei com toda a certeza do mundo que vou tropeçar, mas você nunca deixa, porque você sabe ser o meu porto-seguro, você é a minha calma quando preciso atravessar a tempestade, é a minha paz quando encaro as minhas fraquezas, você é a certeza quando todas as minhas dúvidas se reviram aqui dentro. 

É com você que eu quero viver quando todos os meus medos vierem a tona e eu me sentir incapaz de seguir em frente, porque eu sei que vai ser você que vai segurar tão forte as minhas mãos e vai esperar do meu lado até eu voltar a ter toda aquela coragem que você me ensinou a ter, porque você me fez ser forte quando o mundo inteiro mostrava que eu não era. É do seu lado que eu quero enfrentar todas as nossas inseguranças, os nossos contratempos e aqueles dias que mais parecem o fim do mundo, porque é com você que eu tenho a certeza que tudo vai dar certo, não importa o quanto a gente fique preocupado, cismado com o que pode acontecer ou angustiado com o futuro, tudo o que eu preciso é das suas mãos nas minhas. 

É com você que eu quero viver aquelas viagens que eu tanto imagino antes de dormir, e voltar aos lugares nos quais pudemos nos amar um pouco mais, é com você que eu quero viver novas histórias e construir novos planos, porque eu já não me imagino vivendo cada um dos meus sonhos sem você, sem aquele abraço tão protetor que me faz sentir a pessoa mais segura do mundo e sem aquele beijo de manhã quando ainda nem escovamos os dentes ainda. É com você que eu quero aprender novas piadas, algumas nem tão engraçadas assim, aprender a fazer o melhor macarrão do mundo do jeito que só você consegue fazer.

É com você que eu quero continuar imaginando um futuro inteiro para nós, é com você que eu quero dormir todas as noites, mesmo que tenha que pedir quinhentas vezes para você desligar o vídeo game e acordar do seu lado com você me aquecendo e fingindo que eu não briguei com você na noite anterior, porque você sabe ser perfeito, sabe me amar do jeito que ninguém nunca amou, porque tudo o que eu quero é viver com você, hoje e sempre. 

Esse não é um adeus, é um até breve

15 abril 2018

Não há nada igual a voltar a um lugar que permaneceu sem mudanças para descobrir o quanto mudou.
- Nelson Mandela

As palavras sempre foram a minha melhor companhia, e se eu sou do jeito que sou hoje, é por causa de cada um dos textos que eu construí ao longo da vida, cada metáfora me permitiu mudar, cada frase me fez enxergar o que antes parecia impossível, cada vírgula me deu espaço suficiente para respirar, para desconstruir as minhas verdades e certezas, cada reticências me fez pular a página e recomeçar, cada ponto me deu coragem para colocar fim a todas as minhas dúvidas, e por mais que eu saiba que nada disso irá mudar, eu preciso de um tempo esse blog precisa de um tempo.

Eu queria não precisar dizer esse adeus, até breve a tudo o que eu construí aqui, porque cada instante da minha vida está em algum pedaço de algum texto, em cada novo parágrafo, em toda leitura existe um pouco de quem eu fui e de quem eu sou, e eu até tenho a opção de não precisar dizer, mas eu preciso. Haverá uma hora em que será necessário abrir novas janelas, construir novas estradas, descobrir novos horizontes, aprender a ser feliz de verdade, e essa hora chegou pelo menos para mim. 

A gente amadurece com o tempo, aprende a amar, a ver quem realmente se preocupa conosco, aprende a dizer adeus a relacionamentos abusivos, aprende novos idiomas, aprende novos hábitos, a fazer novas comidas. E eu já cansei de tantas coisas, e às vezes o melhor que fazemos é mudar, porque a mudança garante o nosso desenvolvimento. Sinceramente, eu já não tenho a mesma disposição para querer mudar do mesmo jeito que eu queria a alguns meses atrás, já me perdi alguns passos do meus caminho nesse meio tempo, e eu já nem faço ideia de como seguir novamente. 

Eu comecei a faculdade, e muita coisa mudou. Precisei aprender a conciliar o serviço com o curso técnico, que já não me dá tanto prazer assim, que na verdade já não me dá prazer nenhum, somando com a faculdade, e tanta coisa parece diferente agora. Tanta coisa na qual eu não conseguia ver, agora parece ser óbvio o suficiente. Minha maior decepção foi não ter conseguido nenhuma faculdade pela qual eu me dediquei tanto durante esses meses, e isso me persegue quase sempre, porque nada do que eu faça me satisfaz por completo, nada do que eu faça me faz pensar que eu realmente fiz o suficiente, porque parece que nunca é. 

Essa culpa, essa insuficiência me consome, retira as minhas forças, me afasta da minha identidade, e eu já não consigo dar o meu melhor ou simplesmente ser o melhor. Sem contar a mania de criar comparações, seja quando se trata de cabelo, roupa, maquiagem, estudo, então eu nunca me sinto satisfeita demais para agradecer por cada uma das minhas conquistas ou os meus passos, é daí que surge a necessidade de dar um tempo para o blog. 

Já não me sinto completa do mesmo jeito, parece que toda essa minha rotina vem me consumindo, parece que existe algo errado na caminhada que estou seguindo, por isso preciso rever os meus passos, e para fazer isso, preciso focar em mim, olhar para dentro, sentar comigo mesma e conversar, bater um papo daqueles de encher os olhos de lágrima, tirar o peso do ombro e sossegar o coração, porque já não sou feliz com a maneira como estou levando a minha vida, e toda essa mudança vem de um único lugar: aqui dentro. 

Eu já não acredito nas mesmas coisas de antes, já não quero aceitar as mesmas coisas que antigamente engolia tão facilmente, agora não me conformo com tudo, já não quero viver sobre o dogma de precisar ajudar a todos o tempo todo, porque para isso, eu preciso me ajudar primeiro e não o contrário, algumas coisas me limitam e eu quero abrir mão exatamente disso, quero abraçar tudo o que me faz ir além  ❤️  Felipe.  ❤️

Esse não é um adeus, é um até breve. 

Em meio aos recomeços | reflexão

01 abril 2018

Ouça ao som de The Scientist - Coldplay 

Eu já não sei dizer quantas vezes eu perdi o equilíbrio entre passos que pareciam maiores do que aqueles que eu realmente poderia dar; na minha pressa de chegar rápido, eu já fiz obstáculos pequenos se tornarem absurdos, mas só porque a gente tem essa mania de ver apenas o final, de querer apenas o resultado e esquecer o que existe no meio, de uma ponta a outra, e sem se dar conta, nos damos de cara com um beco sem saída, até tentamos parar antes da queda, mas algumas lições  são inevitáveis. 

Já perdi tanto tempo me culpando por todas as coisas que deram errado, por todas às vezes em que eu precisei encarar os meus próprios equívocos e medos apenas para tentar de novo, que não me dei conta do quanto somos sortudos por termos essa chance de construir um novo caminho, de abrir uma nova janela toda vez que uma porta se fecha, de adotar um novo pensamento toda vez que aquele anterior se torna retrógrado demais para nossas expectativas. A gente se perde no meio de tantas quedas a ponto de perder a nossa essência, porque chega uma hora que cansa, mas é exatamente para isso que existem recomeços: para nos renovarmos sempre. 

Se deu errado uma vez, ou se foi mais de uma, se você falhou em dizer o quanto amava, se você descumpriu uma meta, ou se desistiu em alguma tentativa, não se culpe tanto assim, embora eu saiba o quanto é difícil abrir mão de toda essa culpa que é mais inevitável do que parece, mas você ainda tem a oportunidade de fazer o que muita gente não consegue: recomeçar, e isso significa encarar os seus medos, as suas fraquezas, abrir mão das desculpas, esvaziar o coração de todo o peso que sufoca, é traçar novas metas, é perguntar-se a si mesmo como posso fazer melhor, é escolher continuar seguindo em frente, mesmo depois de alguns tropeços. 

Quase abri mão de uma vida inteira de felicidade por achar que eu não era capaz de suportar mais um recomeço, por achar que não conseguiria dizer sim outra vez por ter a certeza de que é mais simples e fácil dizer não, porque realmente é, mas a única diferença é que não vale a pena permitir que algumas coisas fiquem só no passado, e é esse pensamento de recomeçar que me faz enxergar todas as oportunidades que ainda não tive e ir atrás de cada uma delas, porque recomeçar é dar uma chance a si mesmo, é abraçar-se novamente depois de uma queda até as feridas se curarem totalmente. 

Enquanto eu ainda insistir em nós

24 março 2018

Eu sempre vou tentar encontrar um motivo pra lutar pela gente, pra fazer por nós algo que talvez você não queira fazer, mas vai chegar um dia eu sei que vai que não vai adiantar me dar uma lista com todas as razões pra eu continuar tentando fazer a nossa história dá certo, porque eu sei que vou estar cansada demais pra ouvir uma daquelas suas conversas sobre segunda chance; eu não acredito mais no seu arrependimento, mas eu sempre atropelo todas as minhas convicções e certezas só pra ter você do meu lado por mais tempo. Até parece que você quer me perder, até parece que você comete todos os seus erros só pra encontrar uma justificativa pra me tirar da sua vida, mas a raiz está tão fundo que eu não consigo simplesmente ir embora com um adeus vomitado na sua cara. 

Mas é isso o que você merece. O pior é que até agora eu ainda não aprendi a melhor maneira de evitar que esse seu olhar sem-vergonha continue tendo tanto efeito sobre mim. E de vez em quanto eu acabo tendo um medo absurdo da nossa relação, porque existe uma possibilidade tão grande de eu sair machucada dessa história, ou com o coração em pedaços ou com todo o meu rímel manchado.

Enquanto eu ainda insistir, vai haver um motivo me fazendo ficar, uma razão me puxando pra junto de você até mesmo quando cada pedaço de mim tentar te odiar, porque às vezes eu tento olhar pra todos os seus erros, pras suas inúmeras mancadas até finalmente entender que você definitivamente é o cara errado pra mim, mas eu não consigo te olhar e não te querer, apesar de não ter sido a sua intenção no começo, você acabou despertando em mim um sentimento que ninguém mais conseguiu, e agora parece que a sua função é me bagunçar inteira, é me deixar confusa, é me tirar do eixo quando estou perto de conseguir um lugar pra me apoiar. 

Talvez eu tenha que fazer alguns dos meus dramas mais exagerados pra te fazer entender que você só está me perdendo com tantas atitudes que apenas me machucam. Estou começando a ter  certeza de que você foi a pior decepção da minha vida, aquela escolha mal feita que fazemos quando estamos bêbados demais pra raciocinar alguma coisa, e nem faço ideia de onde coloquei a minha inteligência quando te dei uma chance mesmo conhecendo todo o seu histórico e ignorando todos os conselhos das amigas que viviam me dizendo que você era problema, uma dor de cabeça. Insistir tanto na gente cansa, insistir em um final feliz em uma história que vai acabar em desastre me deixa exausta, insistir em uma luta que não vai dar em nada arranca as minhas forças, mas eu ainda tô aqui, insistindo, mas não sei até quando. 

Ela é de libra, rapaz

27 janeiro 2018


Ela tem uma alma cheia de sonhos, e não existe ninguém que possa dizer o contrário quando se trata de realizar cada um deles, porque ela não mede esforços para ir atrás do que quer. Ela é dona de uma simplicidade que impressiona, que deixa muita gente de queixo em pé de tanta admiração. Simples assim, porque ela é descomplicada da cabeça aos pés. Ela é aquele tipo de garota forte e decidida, sabe cada passo que vai dar, mas que mesmo assim vive inventando caminhos diferentes só pra colocar em prática essa sabedoria que só ela tem. Sabe persistir, mesmo que todos digam que não vale a pena e mesmo que pareça que não vai dar certo, porque não existe a palavra desistir no seu dicionário. 

Quem a vê de longe acha que ela é mais razão, mas de vez em quando ela deixa o coração no comando, e olha que é difícil manter os pés no chão e a cabeça no lugar quando tudo dela voa longe e os sentimentos chegam, mas ela consegue fazer cada peça se encaixar no lugar certo. De tão resolvida que é, ela é capaz de sair até mesmo de um beco sem saída, só que antes ela vai passar madrugadas inteiras em claro e se revirando na cama até conseguir pensar em algo, e olha que não demora muito, com uma mente fértil e criativa é impossível que ela não consiga o mais quer.

Pra conquistar uma garota como ela, além de muita sorte, é preciso demonstrar interesse em ficar, antes vai ter que provar que na manhã seguinte ainda vai estar do lado dela, porque falta nascer uma garota que odeie tanto despedidas como ela. É mais apaixonada por atitudes do que por palavras, mas de vez em quando adora ouvir frases clichês em um encontro inesperado ou antes de maratonar uma série inteira na Netflix. No final, o que vale mesmo é tirar um sorriso dessa libriana, é ouvir sobre seus assuntos favoritos e perceber o quanto ela tem uma alma de aventureira, de quem se perde no mundo e ao mesmo tempo vive com o pensamento a mil por hora. 

Ela é intensidade, não só em palavras, mas em atitudes, porque ela não se acomoda, não se faz de indiferente e muito mesmo de desentendida, se tem algo que ela não gosta, ela não pensa duas vezes antes de fazer diferente, não espera nada de ninguém, só de si mesma. Ah, libriana, cheia de leveza e de equilíbrio, que parece carregar consigo uma certeza de tudo, que se entrega a vida de uma maneira incrível, que dá gosto só de ver, que faz todo mundo a querer por perto. 

Ela é mais do que libriana, é o equilíbrio para tudo que existe na vida.