Foi você que me deixou ir

13 março 2017

Se você tivesse me impedido, eu juro que teria ficado, mas tem uma hora que cansa, sabe? Pela milésima vez, eu ameacei ir, mesmo sabendo que eu deixaria um buraco enorme no lugar que você costumava ocupar aqui no peito. Não te vi lutando por mim, mas eu me vi abrindo mão de muitas outras coisas na minha vida só pra estar com você em qualquer dia da semana. 

Eu teria sentado pra conversar mais uma vez, tentado resolver as coisas como pessoas civilizadas, achado um motivo que me fizesse acreditar que dessa vez seria diferente. Mas você não me impediu. Lembro que você não disse nada. Cê achou que se eu fosse embora, as coisas seriam mais fáceis, mas aconteceu exatamente o contrário. Na hora você nem percebeu que talvez eu nem voltasse, você achou que me deixando partir, eu teria um motivo pra voltar, mas eu não tive, porque você não fez nada pra me convencer a dar outra chance. 

Eu saí por aquela porta com todas as malas na mão, fingi ser forte quando eu apenas queria desabar. Fui embora sabendo que você se arrependeria, mas eu não disse nada. Enquanto você estivesse em conflito, estivesse vivendo uma tremenda confusão dentro do peito, eu não sei se valeria a pena ficar, porque eu percebi naquele seu olhar um momento de fraqueza, um instante que te fez pensar na nossa história juntos. 

Tive medo de você ter se arrependido daquele nosso primeiro encontro, daquela vez em que você segurou a minha mão pela primeira vez, daquele nosso primeiro beijo, daquela primeira transa. Quase morri de medo de você ter se arrependido de tudo o que viveu do meu lado, dos erros que cometemos juntos, das falhas que tentamos mudar, de tudo que chegou a fazer parte de nós. 

Por isso um segundo, você deve ter achado que seria melhor se esquecer de tudo isso, porque quando cê me deixou ir, sem tentar contestar, gritar, fazer birra ou bater o pé, você perdeu pra sempre uma parte de mim que jurou ser sua, você me deixou ir tão facilmente que não adianta querer consertar o erro, porque cê fez a sua escolha: você me deixou ir. 

0 comentários:

Postar um comentário