5 coisas importantes que aprendi nesses últimos anos (e sobre meu aniversário)

07 março 2017

Me lembro como se fosse ontem daquela garotinha inocente e insegura entrando no ensino médio, e nem parece que foi há um ano que me formei. Também não acredito em como esses últimos anos passaram voando, de um jeito que nem dá pra falar. Com todos os seus altos e baixos, a vida me ensinou inúmeras lições que até hoje tento levar comigo, mas é difícil pensar em todas as coisas boas quando aqueles momentos inesperadamente ruins aparecem. 

Finalmente 19 anos. Apenas tenho a agradecer por tudo o que vivi, desde aqueles instantes que parecia que o mundo estava desabando, mas que era apenas um daqueles meus dramas que ninguém além de mim entendia. Tenho que ser grata também por tudo o que conquistei, mesmo que às vezes eu esqueça de todos os esforços que fiz, dizer um grande obrigado pela garota que eu me tornei, mesmo que de vez em quando eu esqueça das qualidades e valores que eu tenho. 

Se tornar adulto, e receber uma mala cheia de responsabilidades, contas, dívidas e qualquer outra coisa que tire a gente do sério, não é fácil. Mas sempre existe o lado bom de tudo, até mesmo naqueles instantes em temos a sensação de não haver luz alguma no fim do túnel, mas se lidarmos com a vida da maneira certa, acabamos nos tornando essa luz. 


Cada coisa tem o seu tempo 

A maioria das pessoas sofrem de um mal chamado ansiedade e/ou imediatismo, mas o que adianta morrer de antecipação por algo que ainda está longe? Cada coisa em nossa vida acontece em seu devido tempo, no momento certo e quando você estiver preparado, mas ainda assim é difícil repetir a si mesmo que talvez não aconteça quando você quiser, e sim na hora certa. Não adianta antecipar o que tem data certa pra acontecer porque só você não tem paciência, ou porque é imediatista.

Pensar positivo é sempre melhor

Quantas vezes tivemos que reprimir aquele pensamento negativo que surgiu depois de uma notícia ruim ou quando você foi pego desprevenido por alguns dos seus planos que deram errado? Eu já perdi a conta de quantas vezes me obriguei a pensar de uma maneira diferente antes de atrair aqueles pensamentos ruins e negativos, que apenas te deixam pra baixo, e te arrastam para um sentimento de falta de esperança. Ver o lado bom da vida sempre vai te encher de belos motivos para continuar. 

Procrastinar não vale a pena

Precisei de anos para finalmente entender que deixar as coisas para depois vai te causar alguma dor de cabeça no futuro, ou algum arrependimento posterior, porque é aí que percebemos que a vida passou rápido demais e você fica com a sensação de que deveria ter feito mais, que poderia ter aproveitado melhor e ter investido em projetos que trariam ótimos resultados. Uma hora a gente aprende a sair dessa zona antes que ela vire apenas conforto. 

Ler realmente é importante

Livros são essências para qualquer entendimento, e quando temos contato com alguma obra literária, seja de qualquer gênero, autor ou tamanho, a leitura é capaz de moldar a nossa personalidade, de transmitir uma mensagem, e de aumentar o nosso conhecimento, além de contribuir para a nossa criatividade e facilidade com a leitura. Ler abriu o meu olhar para o mundo, e a minha visão crítica para as coisas que acontecem na sociedade e na vida das pessoas, porque os livros me ajudaram a entender grande parte de tudo o que vivemos. 

Amar o que for essencial

Tanta gente se prende a bens materiais, a sua conta da poupança, e a tudo o que o dinheiro é capaz de comprar, mas será que super valorizar isso realmente é sinônimo de felicidade e prazer? Talvez não seja, já que o dinheiro não é capaz de comprar o que é essencial de verdade, como por exemplo, um abraço sincero de alguém que você ama, uma companhia que te faça se sentir feliz, uma declaração de amor verdadeiro; aprendi que precisamos amar as coisas simples que a vida nos dá de graça, os detalhes que mudam a nossa semana que nenhum valor material é capaz fazer. 

0 comentários:

Postar um comentário