Não tenha medo de começar de novo

17 fevereiro 2017

Isso mesmo. Se não deu certo, faça novamente. Recomece quantas vezes for preciso. Invista seu tempo em algo que dessa vez vá valer a pena, não importa que tenha dado errado uma vez, ou que na segunda vez o planejado não tenha saído do jeito que foi escrito no papel, e tudo bem aprender com os erros e quebrar a cara na primeira tentativa. Não são as oportunidades que vem atrás da gente, somos nós que precisamos ir em busca de cada uma delas, porque sempre vai ter uma chance de começar de novo, de refazer os velhos hábitos e descobrir onde é que se está errando, ou se aquela tecla que você tanto bate é mesmo a certa.

Enquanto existir vida, vai haver um jeito de arrumar a bagunça, de colocar todas as coisas no lugar certo, de juntar todas as peças que faltam, porque a vida é feita de tentativas, de erros e de acertos, a gente nunca sabe como vai ser o final, é por isso que precisamos arriscar dia após dia, noite após noite, sem se cansar. E essa é a parte mais difícil: não se cansar; é você que escolhe se o tempo vai servir pra te deixar esgotado ou pra alimentar os seus sonhos, porque frequentemente temos o poder de escolher como reagir depois de uma notícia ruim ou quando você percebe que vai ter que adiar aquela viagem tão planejada porque um imprevisto surgiu.

Mas é aí que a maioria das pessoas desistem, e eu sei disso porque eu já perdi a conta de quantas vezes isso me passou pela cabeça, mas eu nunca me permiti isso, porque eu nunca me vi abrindo mão dos objetivos que precisavam ser adiados, nem deixando de lado os planos que não poderiam ser realizados nesse semestre. Não é porque deu errado mais uma vez, que sempre vai ser assim, uma hora dá certo, mas só se você estiver disposto a começar de novo, a refazer todos os seus passos em um caminho diferente, porque existem tantas possibilidades ainda. 

É muito fácil querer, todo mundo quer, não é mesmo? Mas quando as coisas complicam, e o circo pega fogo, eu quero ver quem é que fica, porque é fácil querer quando o mar ainda está calmo e não corre o risco do barco afundar, mas quando vem aquele tempestade, é aí que vemos quem quer de verdade, porque é fácil falar, mas o difícil mesmo é fazer, e principalmente quando o fazer é começar de novo. 

0 comentários:

Postar um comentário