Documentário: Living on One Dollar

09 fevereiro 2017

Essa semana vou trazer uma resenha diferenciada do que estou acostumava a postar no blog, não será indicações de livros, séries ou filmes, porém tenho certeza que vocês irão gostar do conteúdo apresentado no documentário. Logo de início, já aviso que vale a pena reservar alguns minutos do seu dia para assisti-lo, além disso, fiz uma listinha de documentários que parecem bacanas e interessantes e que também estão disponíveis na Netflix, então semanalmente tentarei recomendar algo que talvez mude a sua visão sobre determinado assunto. 

Li a recomendação do documentário Living on One Dollar em uma página da internet, e achei que no mínimo seria interessante me aprofundar e me permitir dar uma chance de finalmente assisti-lo. Se traduzirmos livremente o título, ficaria algo como "vivendo com um dólar", e é exatamente essa a intenção do documentário: mostrar como é a realidade de pessoas e famílias que precisam sobreviver com menos de um dólar por dia, pois mais de 1,1 bilhão de pessoas vivem com essa renda. Nessa matéria publicada na Folha de S. Paulo é possível observar as regiões do mundo onde o índice de pobreza continua crescendo. 

Living on One Dollar conta a experiência de quatro universitários que decidem passar 56 dias em uma região pobre da Guatemala, Peña Blanca, vivendo com apenas um dólar por dia e tentando sobreviver em uma realidade totalmente diferente do que eles estão acostumados. Não há uma alimentação tão nutritiva, não existem cuidados básicos em relação à saúde, e a situação de habitação das pessoas que vivem na região é extremamente precária.  

Quando assisti ao documentário, além do choque de realidade, torna-se impossível não comparar a sua vida com a existência frágil daquelas pessoas que precisam diariamente lutar por uma vida melhor, mas que infelizmente as circunstâncias não permitem. Automaticamente nos tornamos mais gratos por tudo o que temos e somos, e principalmente aprendemos a valorizar cada coisa que já adquirimos e não apenas a olhar o que nós ainda não possuímos. 

Enquanto assistia o documentário, algo que realmente me marcou muito foi o quanto as pessoas da comunidade eram unidas e como estavam dispostas a ajudarem aos seus vizinhos sem pensar duas vezes. Apesar de toda a pobreza que precisam enfrentar para sobreviver, não hesitam em estender a mão quando um outro alguém pedisse ajuda. É admirável toda a diferença que se pode fazer se existirem pessoas para te darem apoio no momento certo, e ao mesmo tempo é triste pensar que a realidade atual nos distancia tanto dos outros a ponto de enxergarmos apenas os nossos problemas. 

A realidade de Living on One Dollar não se encontra tão distante do Brasil. Muitas regiões brasileiras vivem uma realidade igual ou parecida, famílias inteiras vivem na esperança de mudarem de vida, de conquistarem o melhor, mas as condições limitadas não permitem. O documentário também ressalta que uma pequena atitude pode fazer a maior diferença na vida de alguém, mesmo se for um gesto pequeno ou uma ação simples, isso pode causar um impacto significativo na vida de outra família.

E aí, ficou curioso? Então corre lá pra assistir e depois vem me falar o que achou. Espero que essa resenha tenha feito você refletir na postura que vem adotando na sua vida, e nas diversas maneiras que existem para começar a valorizar tudo o que você é ou tem. 

0 comentários:

Postar um comentário