Você não faz ideia da sorte que tem

31 janeiro 2017

De todos os caras que ela já conheceu, ela escolheu você pra estar do lado dela. Em nenhum momento passou pela cabeça dela viver um único segundo sem a sua companhia, porque só você pra preencher o coração dela de um jeito que a faz se sentir tão especial, só você pra se encaixar tão perfeitamente na vida dela. Cês realmente foram feitos um pro outro. Já percebeu como tu sente a falta dela numa sexta-feira a noite quando ela ainda tá saindo da faculdade ou como você fica ansioso toda vez que ela manda uma mensagem avisando que tá chegando?

Ela poderia estar em todos os barzinhos da Augusta e aceitando todos os convites pras melhores baladas de São Paulo, porque o que não falta no seu whats é gente chamando-a pra um rolé, mas quem disse que ela prefere estar numa festa lotada ao invés de dividir um fim de semana com você? Ela não pensa duas vezes antes de escolher estar com você, mesmo que seja só pra te ver estudando pra aquela prova chata de fim de semestre do seu curso da facul. 

Essa garota é diferente. 

E você deve ter percebido de primeira que ela não é como as outras. Não chega nem perto de ser, porque ela tem um jeito que ainda te surpreende, que ainda te deixa de boca aberta. Se um dia você se esquecer da sorte que teve ao encontrá-la, não vai adiantar procurar em outras pessoas um sentimento que só ela te fazia sentir, que só ela era capaz de despertar em você. Nenhuma vai ser como ela. Você pode sair com mulheres charmosas, inteligentes e que tem um papo super agradável, nenhuma delas vai ser tão especial como ela foi na sua vida. 

Então não seja idiota a ponto de fazer ela ir embora da sua vida, porque se ela for, nenhuma outra vai ouvir as suas histórias exageradas e seus dramas do passado como ela costuma ouvir, e nem saber os seus pratos favoritos como ela sabe, e nem conhecer os seus filmes e séries prediletos da Netflix como ela conhece. Ela te ama tanto que aprendeu a decorar cada detalhe da sua vida, porque esse acabou se tornando o passatempo preferido dela. 

Suas noites de sábado não são como costumavam ser desde o momento em que ela passou a fazer parte da sua vida. Aconteceu tão naturalmente que você não teve como dizer não, ou evitar de se apaixonar cada vez mais por ela. Você já não consegue dormir sem ela, porque a cama fica grande demais pra dormir sozinho, se ela não tiver, parece que falta algo, e que você não tá completo. Ela gosta de dormir abracinho, gosta de te encher de beijos logo pela manhã e falar todas aquelas juras de amor antes de dormir. 

Nenhuma outra mulher vai te valorizar da mesma maneira que ela te valoriza, como se você fosse a obra de arte mais importante da sua coleção, tudo porque você vale mais do que qualquer outra coisa na vida dela, na verdade, vocês dois juntos não tem preço. Nem pense em trocar tudo o que conquistou estando ao lado dela, porque você nunca vai conhecer alguém igual. É como costumam falar, não existe oportunidade perdida, porque sempre terá alguém esperando pra aproveitá-la por você. 

Tenha paciência, garota

27 janeiro 2017

Não foi dessa vez. Game over. Essa história que você lutou tanto pra dar certo finalmente chegou ao seu fim, e dessa vez não tem nada haver com final feliz e viveram felizes para sempre. Dessa vez, você teve que derramar algumas lágrimas só pra tentar diminuir um pouco da angústia, teve que passar algumas noites inteiras em claro até conseguir pegar no sono, porque você sentiu como se alguém tivesse te apunhalado no meio do peito... Doeu ao ponto de você achar que não poderia aguentar. 

Mas todo coração suporta uma tragédia dessas, por mais desesperador que seja no começo. Talvez demore mais do que você imagina, ou talvez na próxima semana tu já esteja curada desse coração partido, mas o tempo não é capaz de apagar todas as sequelas e efeitos colaterais que a falta de alguém pode trazer. Não importa o quanto você se ache fraca por sofrer desse jeito, simplesmente não dá pra fugir de um sentimento que tu sentiu durante tanto tempo, e que te fez se sentir tão única e especial, e que deu um pouco mais de cor pra sua vida. Simplesmente não dá. 

Ninguém tem um botão pra desligar toda a saudade que inunda o peito ou a falta que faz a alma estremecer, e também não é tão fácil apagar a lembrança de um adeus, porque ele se agarra na gente a ponto de nunca mais querer sair de perto. Você vai se recordar das histórias que ouviu, dos dramas e até mesmo das brigas, vai querer voltar no tempo só pra tentar descobrir como foi que você errou e porque deu errado sendo que cada resquício de esperança dizia que vocês eram o casal perfeito, mas a verdade é que algumas coisas não tem uma explicação e muito menos uma resposta, por mais que você invente inúmeras perguntas dentro da mente.  

Você vai sentir falta da rotina e de como era gostoso acordar do lado dele, mas vai falar pra todo mundo que já superou e agora toda a história de vocês é apenas parte do seu passado, como se isso fosse verdade, mas é claro que não é. Tá tudo muito fresquinho no coração. Apesar de você lutar contra a enxurrada de lembranças que surgem assim que você deita a cabeça no travesseiro e começa a imaginar como teria sido a história de vocês se ela não tivesse acabado tão de repente, é difícil vencer essa batalha contra os sentimentos. Uma hora ou outra as feridas vão se fechar, e no lugar delas só irão existir algumas cicatrizes que o tempo vai se encarregar de te fazer esquecer que elas ainda estão ali. 

Tenha paciência, porque talvez o tempo te faça perceber que cê nem gostava tanto dele do jeito que imaginou, talvez fosse coisa de momento e esse sentimento nem seja amor de verdade, e sim apenas uma dessas paixões que não duram até a próxima semana. Tenha paciência, porque talvez o tempo te ajude a entender que ele foi a sua melhor lembrança e o amor mais intenso que você já viveu. Mas e daí se não for nenhuma dessas coisas? Com o tempo, a dor diminuiu e a vida volta a ser como era, bem lentamente tudo vai voltando pro seu lugar de origem e não vai mais ser preciso morrer de amor, mas até lá, tenha paciência, garota. 

Pede uma dose dupla de amor próprio

24 janeiro 2017

Eu preciso falar da gente, é que a gente já foi e voltou tantas vezes que já não existe mais nós. Cada um como a própria companhia e nada mais. Paramos de dar importância as pequenas coisas, a exemplo das tuas mensagens de boa noite que se resumem a “acabei dormindo, desculpa”. Não consigo me lembrar quando foi a ultima vez que conversamos de verdade, que pude te confidenciar tudo o que eu sinto, penso, sonho, busco, sem que você se mal dissesse, gritasse aos cinco ventos que na sua vida nada dá certo. Quando foi que conseguimos parar uns cinco minutinhos para falar sobre as coisas possíveis?

Vez ou outra você me questiona sobre não darmos certo, e será que tu não vês que tudo o que eu quero tu não queres? Eu quero uma casa no campo, uma rede na varanda, quero ter uma vida pacata, compartilhar quem sabe uma xícara de chá nas tardes de domingo, quero praticar o desapego desse amontoado de coisas que acumulamos ao decorrer dos anos e que não nos servem, quero ser mais grata a vida, quero ser livre e tu só sabes dizer que tudo isso é chato. Não é necessário que concordes sempre comigo, mas o que te custa ser alguém de verdade?

Olhando daqui eu enxergo o teu vazio e desculpe-me, mas não posso continuar. Sou completa demais, transbordo sentimento e não me encaixo ao teu lado. Não digo que você precisa ser igual a mim, cada um tem a sua própria maneira de enxergar as coisas, mas o que te custa acreditar na vida? Chega a ser insuportável o teu mimimi, nunca conheci alguém que se auto-sabota tanto como você, nunca me deparei com alguém que parece amar estar sempre por baixo. Não que você tenha que se achar superior, mas cadê o teu valor?

Tu rega as tuas tristezas com álcool, festas, músicas no último volume e eu me pergunto até quando vais continuar assim? "Estou com uma tristeza que não cessa, vou sair para beber, estou com problemas demais. Minha vida não tem sentido. Meus sonhos são impossíveis." Problemas demais? Você não tem obrigação nenhuma, tem quase tudo o que quer, tem uma casa, família, amigos, veste e come do bom e do melhor, sai quando quer e ainda vem com esse papo de que está com muitos problemas? Ao invés de pedir duas doses de tequila, pede uma dose dupla de amor próprio e se arranja com outro alguém.

E por favor, não venha choramingar ao pé do meu ouvido os teus sonhos fracassados, se tu não lutas por eles como queres que eles se realizem? Toma um banho bem gelado pra vê se você acorda dessa inércia, de querer que as coisas caiam do céu. A vida é para aqueles que correm atrás, que não desistem na primeira barreira que aparece. Se você quer, vá lá e faça. Deixe de mimimi e amadureça. 

- Victória Dantas
Me acompanha nas redes sociais:

Promete que vai ficar?

23 janeiro 2017

- Me sinto a pessoa mais sortuda do mundo, sabia?
- Ahh, é? E posso saber o porquê?
- Nunca senti algo tão incrível por mais ninguém, que sorte a minha ter você. 
- Essa nossa história tinha que acontecer, de um jeito ou de outro.
- Agora você acredita em destino? - ela riu.
- Acredito em livre arbítrio. 
- E o que explica a gente juntos, então?
- Já me perguntei isso várias vezes.
- E nunca chegou em uma resposta?
- Não, mas não importa. 
- Não importa? 
- Não, agora tudo o que vale é o fato de ter você do meu lado. 
- Não pretendo sair de perto de você. 
- Promete pra mim?
- Vou estar bem aqui. Sempre. - sorriu. 
- E se um dia você quiser ir embora?
- Sei que você não vai me dar nenhum motivo pra isso.
- É, você tem razão. Não vou mesmo. 
- Viu como sempre tenho razão? 
- Talvez. 
- Talvez?
- Talvez eu seja tão apaixonado por você que acabo não me importando nenhum pouco com isso. 
- Nem quando a gente briga?
- Não consigo ficar um segundo se quer brigado com você. 
- Eu também não consigo, sabe disso. 
- Não dá pra. 
- Porque será que tivemos tanta sorte?
- Vou te amar em cada segundinho da minha vida, e esse vai ser o meu jeito de agradecer por toda essa oportunidade que tive de conhecer a garota que... - parou. - que mudou a minha vida de um jeito que nunca imaginei que fosse ser possível. 
- Você me marcou pra sempre, como todo esse amor, eu não quero ir embora nunca mais. 
- Promete que nunca vai me deixar?
Balançou a cabeça enquanto carregava a maior de suas certezas no peito. 
- Essa nossa história é pra sempre. 
- Não consigo mais imaginar meu futuro sem você.
- Não vai precisar, porque prometo que vou estar presente em cada parte dele. 
- E eu prometo que vou continuar te amando.
- Promete mesmo?
- Como não amar a garota mais incrível do meu mundo?

Eu não vou desistir de ter fé

19 janeiro 2017

Esses dias eu me lembrei de quando eu era criança e como tudo parecia mais fácil. Eu só tinha que me preocupar com aquela indecisão por não saber qual desenho escolher, ou quando era o momento certo pra guardar todos os brinquedos novamente na caixa antes de levar uma bronca pela bagunça, mas aí a gente cresce e entende que a vida não vai ser uma brincadeira pra sempre, e que existe hora marcada pra gente virar adulto, mas eu nunca imaginei que fosse ser assim, e agora bateu uma falta da época em que eu não fazia a menor ideia que o mundo se tornaria a crise que é hoje. 

Eu não sei se é coisa de signo, ou se é problema da minha personalidade, mas eu tenho uma mania absurda de criar planos dentro da cabeça até mesmo quando estou distraída, sou dessas que fazem uma lista enorme cheia de sonhos e objetivos, porque acha que talvez assim seja possível ficar no controle de tudo só pra evitar que a vida perca a direção. Eu sempre soube o que faria na quinta-feira a noite, quais eram os planos pro fim de semana ou como estaria a minha vida daqui uns anos. Eu tinha uma idade certa pra sair da casa dos pais e me virar sozinha, uma data certa de me jogar no mundo só pra entender quais eram os meus limites, qual seria o momento ideal pra começar um estágio ou me matricular na faculdade, porém cada certeza que eu tinha na vida se transformou em um monte de dúvidas que não dá pra substituir tão facilmente do jeito que imaginei, a vida deixou de seguir o mesmo rumo certeiro e agora parece um trem desgovernado. 

E eu sei não como parar. Não sei como vou dar um giro de 360 graus só pra colocar a minha cabeça no lugar, e também não faço ideia de como fazer a minha vida voltar a seguir em frente quando ainda tenho tantos assuntos não acabados que eu insisti em deixar pra trás só pra começar esse ano sem nenhuma pendência. A gente inventa um monte de coisa pra fazer no final do ano, e às vezes nada saí como o planejado. De tanto que eu insisti em dizer que aquela viagem pro México daria certo, acabei me frustando novamente, e apesar de ter jurado mais uma vez que economizaria meu dinheiro, tive mais gastos desnecessários do que investimentos, e antes do final do mês meu orçamento já estava no vermelho e todo o dinheiro contadinho só evitar que as dividas surgissem e as contas ficassem atrasadas mais um mês. 

Eu ainda consigo ficar surpresa só de imaginar como as coisas começaram a dar errado de uma hora pra outra. Nem sei como consegui sobreviver a tantos imprevistos. Era cada incidente que comecei a acreditar que era apenas mais uma pegadinha e que eu estava sendo o protagonista principal de todo o show, e quando me vi no fundo do poço, foi que percebi o quanto eu precisava esquecer alguns planos que criei, abdicar algumas vontades da minha lista, e deixar pra mais tarde alguns dos meus maiores sonhos, e tudo porque a realidade anda nos deixando esgotados demais, seja a faculdade e todos os seus trabalhos, ou o trampo e toda a sua pilha de tarefas, mas no meio de toda essa confusão que fui tentando depositar debaixo do tapete só pra evitar o trabalho de limpar, eu ainda tenho a minha Fé, e até o momento foi ela que me fez continuar em pé quando a pressão era demais, e todo o meu corpo já estava exausto. 

É a minha Fé que me faz acordar as 5 da manhã sabendo que vou ter que encarar o trânsito caótico de São Paulo e se eu não tiver muita sorte, um ônibus lotado até chegar no serviço. É essa minha fé que me faz esperar por um amanhã onde eu possa encarar o pôr-do-sol, e um azul intenso desenhado por todo o céu, um dia ensolarado desses que permita um passeio no parque e uma parada rápida pra tomar uma casquinha de baunilha. É a minha fé que me permite continuar quando o mundo dá aquelas patadas que só pioram os ferimentos que já estavam espalhados pelo corpo, é a fé que me permite encarar o lado bom da vida até mesmo quando os planos não dão certo, é a fé que me deixa preparada pro caso de algum imprevisto acontecer, porque você sabe como a vida é cheia de buracos. É essa mesma fé que nos abraça quando já não somos capazes de dar um passo se quer sozinhos, e não importa em quem ela for, pode ser em um deus, na família, no amor, em alguém, até em você. 

O importante é não desistir de ter fé, nem mesmo quando bate aquela vontade de ser criança, ou quando já começamos a segunda-feira lamentando. Não podemos esquecer que é a fé que nos mantem de pé quando o mundo ameaça dar algumas porradas só pra ver até onde a gente aguenta, mas o importante mesmo é saber que cada pancada só vai nos tornar ainda mais fortes pra resistir ao que virá pela manhã. 

Você é a melhor parte da minha vida

17 janeiro 2017

Você sabe que eu sempre achei cliché todas as histórias românticas que são contadas em filmes. Por muito tempo acreditei que fosse impossível de ser verdade toda essa coisa de romantismo que é representado no cinema. Continuei insistindo na mesma ideia até acontecer comigo, até perceber que o amor não é só uma história com roteiro, falas decoradas e gestos ensaiados, ele é verdadeiro demais pra ser uma mentira, e eu digo isso com toda a certeza desse mundo porque mudei o meu jeito de pensar desde o primeiro momento em que te conheci. 

A vida não me permitiu ensaiar a sua chegada de tão inesperada que ela foi. Você simplesmente chegou e invadiu as minhas convicções sem ao menos pensar nas consequências, cê me fez duvidar até mesmo das minhas próprias certezas e questionar toda essa coisa de destino e também o que podemos chamar de coincidência hoje em dia. No começo, eu até tentei resistir, mas depois, eu não tive forças o suficiente pra lutar contra o sentimento que estava começando a se espalhar em mim. 

E depois de um tempo, eu já não sabia como lidar com a sua ausência. Passou a ser impossível me imaginar sem você, e tudo o que eu sempre queria era um pouco mais da sua companhia, mesmo que eu tivesse hora certa pra te ver no dia seguinte. Antes de você, meu maior medo era amar de novo, era encontrar novamente todo esse sentimento que um dia me deixou sem chão e me tirou o fôlego, que consumiu cada uma das minhas esperanças até não sobrar mais nenhuma expectativa. 

Mas não consegui defender o meu coração de todo o amor que você despertou em mim, porque qualquer tentativa não daria certo. Me senti diante de um precipício por saber que a única saída era me jogar de corpo e alma, e foi exatamente o que eu fiz, e pela primeira vez, eu deixei de ser a garota que sempre escolhia fugir quando algo assim ameaçava aparecer pra ser uma versão diferente de mim, que ficaria até o final mesmo sabendo dos riscos. 

E a melhor coisa que fiz foi te dar espaço pra entrar, e sem a menor intenção, te transformei em uma parte de mim que acabou se tornando a melhor, mas quando é amor de verdade, a gente não pode simplesmente ditar as regras, ou já falar como vai ser daqui pra frente, porque acontece de um jeito tão natural que tudo vai se encaixando, mesmo que demore um pouco, e que dê um certo frio na barriga e faça todas as borboletas do estômago se agitarem como loucas. 

O amor só existe para aqueles que não tem medo de se entregarem, porque é o que ele exige de você: que cada pedacinho seu se encaixe no espaço do outro. É incrível quando a gente se permite sentir algo tão intenso, repleto daquelas sensações maravilhosas e inconfundíveis, e cheio de declarações improvisadas e de atitudes inesperadas, e desse mesmo jeito, você mudou tudo que o havia em mim. Toda vez que eu for assistir um desses romances vou lembrar da gente juntos, e que na verdade essa história que estamos construindo não foi motivada por nenhum desses filmes românticos, e sim ao contrário, vou lembrar que todos eles se inspiraram em amores como o nosso. 

Ela finalmente aprendeu o que é amor próprio

16 janeiro 2017

Ela não quer arranjar um namorado. Não precisa de alguém para se sentir bem, ou para viver um desses romances de cinema. Isso não é pra ela. Se prender a alguém e precisar dar satisfação sobre cada um de seus passos? Não, desculpa. Isso nunca passou pela cabeça dela, e olha que ela já pensou em muita coisa para o futuro, mas nenhuma vez tentou idealizar um príncipe encantado, porque ela é mais independente do que muita gente acha que é.

Namorar? Não. No seu dicionario nem existe essa palavra, é mais uma coisa que inventaram pra fazer as pessoas andarem na linha, serem certinhas e não extrapolarem alguns goles de cerveja naquela festa de fim de semana. Ela não quer precisar pertencer a alguém quando achar que não é suficiente para si mesma, ela quer amar cada defeitinho que puder encontrar no corpo, qualquer falha na sua personalidade, quer ter a certeza de que quando se olha no espelho, percebe que se sente feliz com o reflexo mesmo sabendo de todas as coisas que dizem que deveriam ser mudadas. Ela se basta, e não precisa de opinião alguma para viver a vida que escolheu. 

Mulher é feita para casar. Casar? Esse mito é para quem não a conhece direito. Ela vai ser livre o tempo que bem entender, vai curtir seus maiores prazeres antes, vai explorar a intensidade do mundo a ponto de deixar sua marca por onde passar, não vai ter receios de ir atrás dos sonhos, do que faz bem pra si mesma, porque ela não precisa de companhia para saber o que é melhor, não precisa de alguém ditando algumas regras o tempo todo. Ela sabe decidir por si mesma. Para conquistar um espaço do lado dela vai ter que respeitá-la acima de tudo, porque ela não entra em joguinhos, mas quando entra em um, advinha quem dita as regras? 

Muita gente já comentou a fama de desapega dessa garota, como ela foge de "namoradinhos" que nunca existiram, mas a verdade é que ela pode estar até sozinha, porém nunca vai ser sentir assim. Ela gosta de espaço, de liberdade, de ninguém violando sua privacidade, quando tiver que chorar, vai no seu canto favorito e vai jogar pra fora da alma qualquer coisa que a estiver incomodando, e em outros momentos vai estar rodeada de amigos, vai estar de mãos dadas as melhores amizades que não abre mão por nada, e ainda tem a coragem de falarem que já passou da hora de encontrar alguém. Encontrar alguém? Já tentaram se amar como essa garota faz? 

Ela vai se aventurar por aí quantas vezes quiser, e conhecer os lugares que bem entender, vai escolher a cor do batom, o estilo da maquiagem, e o tamanho do salto, e também vai escolher nenhum dos três se for do seu interesse, porque ela não segue padrões, não precisa ter o corpo ideal como aquelas modelos, não precisa estar usando a cor do esmalte do momento. Ela aprendeu que só precisa de um pouco de amor próprio para não depender de tantas coisas fúteis. 

Série Reign: Da história à ficção (primeiras impressões)

13 janeiro 2017

O que dizer de Reign, que mal conheço e já considero pakas? Hahahaha
Gente, sério, vocês precisam assistir essa série, nem que seja apenas o episódio piloto, por quê tenho plena certeza que vocês vão se apaixonar. Comecei a assistir a série tem poucos dias, por isso não farei a resenha completa da 1ª temporada (até por que ainda não finalizei), mas falarei aqui sobre as minhas primeiras impressões.


Já no episódio piloto, você já entra sabendo o que a série promete: muito romance, aventura, drama e um enredo de tirar o fôlego, que vem contando a história de Mary (interpretada pela belíssima Adelaide Kane) indicada ao prêmio Teen Choice Award: Atriz Revelação pela série, que desde bebê recebe o título de rainha da Escócia e também foi predestinada a se casar com Francis, que futuramente seria o rei da França. Tudo isso, um jogo de política entre os dois países, afim de evitar guerras e conflitos com outros países, mas que acabou gerando uma guerra com a Inglaterra, já que o país queria, a todo custo, que Mary fosse prometida ao seu futuro rei, o que não aconteceu.


Sendo assim, Mary foi mandada a viver na França, e posteriormente, em um convento secreto, para que ninguém soubesse de seu paradeiro, já que a Inglaterra queria a sua morte. Quando Mary completa 15 anos, é mandada de volta ao castelo da França para se casar com Francis, onde reencontra suas quatro damas de companhia, e partir daí tenta conquistar Francis, quando a Escócia a obriga a se casar rapidamente. Porém, suas tentativas são frustradas quando a Rainha (mãe de Francis), tenta separá-los e aí que surge várias intrigas, traições, mortes, aventuras e tragédias, além de uma paixonite pelo irmão bastardo de Francis.


Até o meio da primeira temporada, a trama gira em torno de quem vai, realmente, ficar com Mary ? Depois o enredo toma conta dos outros personagens da série, da guerra contra a Inglaterra e dos desejos e anseios de dois jovens predestinados a reinarem sobre dois países. Além disso, a série também adentra no universo místico, com mitos daquela época antiga, trazendo a tona os conflitos das religiões, do que o povo acreditava, nos anos de 1550, e o melhor de tudo é que esta é uma série baseada em fatos reais (veja aqui) da história de Mary Stuart, que ao final da sua vida, se torna rainha de 3 grandes países.

A notícia ruim é que a série acaba de ser cancelada e terá seu final na quarta temporada, que sairá ao ar ainda esse ano.

Já assistiram Reign? Estou ansiosa para ver os outros capítulos da série ❤❤

Tentou me esquecer, logo eu

12 janeiro 2017

[...] que te dei o mundo inteiro sem pensar duas vezes, e tudo porque eu não suportava te ver com aquela indiferença toda só porque alguns dos teus planos não saíram como planejado. Precisei me virar inúmeras vezes pra estar do seu lado enquanto toda a minha vida ainda estava uma bagunça que não dava pra esconder debaixo do tapete. Arrumei tempo pra você até mesmo quando cada segundinho da minha vida já estava reservado. Desfiz muitas coisas importantes porque eu simplesmente odiava a ideia de você não estar bem. 

Eu teria ido correndo se você tivesse me chamado, atravessaria o oceano inteiro se você pedisse, mas de todas as coisas que você já conquistou, eu fui a menos preferida, eu sempre fui o troféu que valia menos, a medalha de prata que ninguém presta atenção. Eu tentei te mostrar todas as razões pra você me deixar ficar. Mesmo que alguns dos seus amigos fossem contra só porque eles diziam que assim tu ficaria preso a mim, mesmo que a sua família não aceitasse tão facilmente o fato de você ter alguém do seu lado, mesmo que a gente tivesse nossas próprias diferenças, eu quis ficar. 

Mas é você que não quis, logo eu, que estava disposta a passar por cima de todo o meu orgulho e pronta pra ignorar todos os avisos das minhas amigas dizendo que tu seria um problema na minha vida, e que ainda me daria muita dor de cabeça. Dito e feito. Assim que você foi embora sem o menor pingo de sensatez e sem se quer olhar pra trás, eu jurei que começaria de novo, que encontraria alguém diferente por aí, alguém que merecesse o meu afeto de um jeito que cê nunca chegou a merecer, e aos poucos, eu tô conseguindo me desprender de você e de toda história que eu criei achando que ela fosse dar certo. 

Achei que fosse demorar pra eu voltar a ser a garota forte que eu costumava ser antes de entrar no seu mundo de cabeça, mas acredita que aos poucos estou me lapidando ao ponto de me sentir firme como uma rocha? Tive que enfrentar uma batalha todos os dias, uma diferente a cada vez, e a pior delas foi ter que lutar contra mim mesma, mas só assim pra eu conseguir te tirar de dentro de mim. 

Eu lembro de toda a sua indiferença, e o quanto ela me machucou. 

O mundo deu algumas voltas até você cair de cara no chão e perceber que não se livraria tão facilmente de mim do mesmo jeito que cê me dispensou aquela vez. Agora parece que a ficha caiu, porque me falaram do seu luto, também ouvi falar que tu se arrependeu das vezes em que me culpou por todos os seus momentos de estresse, porque achou que se eu não pegasse tanto no teu pé, as coisas seriam diferente. Ouvi boatos de que você sentiu um remorso fodido de quando disse com todas as letras que não tinha a menor paciência pra relacionamento. Agora que minha tempestade se transformou em garoa, e as minhas lágrimas secaram e eu finalmente pude colocar fim a todas as minhas fraquezas, você está tentando me esquecer, logo eu, que tanto te amei. 

Não precisa ser o cara perfeito

11 janeiro 2017

Ela não quer que você seja o cara perfeito, basta que cê esteja sempre presente quando ela ameaçar derramar algumas lágrimas. Também não precisa daquele romantismo do século passado, ela só precisa que você diga tudo o que tá sentindo, que você jogue pra fora tudo o que sente quando estão juntos, porque ela não quer palavras decoradas, frases prontas ou uma declaração de uma página, mesmo que você não diga muito, tudo o que ela mais quer é ouvir a tua voz em uma dessas noites, sussurrada no ouvido e a tua respiração na nuca dela. Ela vai rir das suas piadas até perder o fôlego, vai dar risada até mesmo daquelas que forem sem graça, porque ela ama saber que sua intenção é fazê-la sorrir, e ama ainda mais quando você acaba sendo o motivo de todos os sorrisos dela. 

Não precisa chegar nela com um buquê de rosas vermelhas na mão e na outra uma caixa de bombons, apesar dela amar chocolate, ela também não quer que você seja como um dos personagens da Disney, porque ela vai te amar até mesmo com todas as suas imperfeições, e de vez em quando ela pode até implicar com as suas manias, mas é porque é o jeito dela de mostrar que te ama, não importa quais sejam os seus defeitos. 

Ela não quer que você faça um curso de culinária só pra impressioná-la, e não precisa saber cozinhar as receitas mais chiques do mundo, porque ela não se importa de comer miojo com você em uma noite de sexta-feira. Ela não quer ir nos restaurantes mais caros da cidade e nem comer os pratos mais caros do cardápio. Ela só quer sua companhia, seja pra racharem o valor da pizza de mussarela que é a favorita de vocês ou pra ficarem juntinhos durante horas, porque o que realmente vale são aquelas abraços apertados que a fazem se sentir tão segura nos seus braços, é o jeito como você a olha mesmo quando ela acabou de tirar a maquiagem. 

Ela não vai brigar contigo quando cê falar algum palavrão sem querer. Também não vai fazer drama quando você for sair com os seus amigos, porque ela sabe que pode confiar, e mesmo que ela tente não demonstrar todo o ciúmes que sente, principalmente quando você ameaça curtir a foto de alguma outra garota do Facebook, ela sente dentro do peito que o amor de vocês é forte demais pra terminar por qualquer briguinha. Você pode sair pra jogar futebol em uma noite de sexta-feira, e ela também não vai se importar com o fato de você ouvir tantas músicas que ela desconhece. Não precisa saber todos os poemas de Fernando Pessoa de cor e nem se lembrar de todas as datas importantes de História, porque ela aprendeu a te amar do jeitinho que você é. 

Você também não precisa ser o cara mais inteligente que ela já conheceu, não precisa ter todas as fórmulas de física e todas as teorias de biologia na ponta da língua. Não precisa mudar sua opinião só porque vocês tem ideias diferentes, ou porque ela é mais de esquerda do que você. Não importa se os signo de vocês não batem, porque pra ela é incrível a maneira como um se encaixa no outro, como se fossem a metade da laranja, mesmo sabendo que você não gosta de laranja. Não precisa ser o cara perfeito, você só precisa ser o cara certo pra ela, mesmo que às vezes você cometa erros, mesmo que diga algo que a magoe, ou faça uma brincadeira que ela não goste, seja o cara da vida dela. 

Eu quero me desfazer de você

10 janeiro 2017

Mas eu não tenho coragem, porque tem um sentimento gritando por tua presença dentro do meu peito.  Ainda não consegui apagar teu número da agenda porque bem lá no fundo espero que tu possa me ligar em uma dessas tardes frias que a gente senta na varanda para refletir sobre a vida, ou me mandar uma mensagem dizendo que anda com saudade, que vestiu aquela camisa só para lembrar de mim e releu umas cinco vezes aquele livro de auto ajuda que eu te dei. 

Eu quero me desfazer de você, mas não consigo porque não tenho razão para te expulsar do meu coração ou para te bloquear nas redes sociais e me impedir de querer puxar assunto numa daquelas noites de recaída. Logo eu, que nunca fui de beber, ando me esgueirando por ai com uma garrafa de vinho, remoendo na cabeça como teria sido se tudo tivesse dado certo. Se hoje estaríamos juntos como uma família feliz - eu, você, um filho e vários animais de estimação. E me pergunto: será que tu também pensa nisso ou sou só eu? 

Queria deletar você, porque não era justo que você me deixasse de lado quando não precisava de um favor ou ignorasse minhas mensagens por mais bobas que fossem. Eu entendia que você andava ocupado, que você tinha seus problemas, só não entendia e ainda não entendo porquê eu não podia estar na tua caixinha de prioridades. Eu quero mesmo me desfazer de você, mas continuo sentindo teu perfume por todos os cantos da casa e esperando ansiosamente que a gente se esbarre em uma dessas esquinas da vida. 

Queria te odiar, pra ver se assim meu coração desencana de ser besta e de amar até as tuas manias mais chatas. Para ser justo comigo que não mereço sentir tanto apreço por alguém que não sabe se vai ou se fica, se ama muito ou só um pouquinho. Para te fazer entender que nem tudo pode ser do teu jeito, que erramos os dois e não só eu. Queria poder transformar toda essa saudade em vagas lembranças do que um dia foi chamado de amor. Eu quero mesmo me desfazer de você, mas meu coração insiste em ser teu.

- Victória Dantas
Me acompanha nas redes sociais:

Ela foi embora sem aviso prévio

09 janeiro 2017

Em menos de um segundo, a ouvi dizendo que acabou, mas não foi naquele tom de brincadeira no qual costumávamos brincar e logo em seguida riamos até não aguentarmos mais. Definitivamente, esse me machucou mais do que qualquer outra palavra que eu já tenha ouvido. No instante em que a vi partindo, era como se ela estivesse levando um pouco de mim também. 

Senti uma vontade incontrolável de chorar quando na manhã seguinte não a vi do meu lado. Doeu ainda mais quando percebi que não havia mais nenhuma mensagem dela na caixa de entrada. Atualizei minhas redes sociais a cada segundo só para ter certeza de que ela não estava digitando, mesmo que fosse uma pergunta boba ou um texto dizendo que sente muito por ter ido embora, mas até agora eu só consigo sentir o vazio que ela deixou aqui no peito. 

Não consigo evitar, mas eu ainda me lembro das vezes em que a encontrava na manhã seguinte, como se fosse a primeira vez, porque meu coração ainda batia acelerado toda vez que ela vinha, a observava vindo em minha direção como se eu pudesse decorar o jeito dela de andar. Logo depois, eu sentia em meu rosto as suas mãos macias, e ela me beijava, e eu me sentia mergulhando em um espécie de paraíso toda vez em que tocava aqueles lábios. Eu sempre queria mais. Senti-la cada vez mais em meus braços, gravá-la na memória pra nunca mais esquecê-la. 

Mas agora doí não fazer nada disso. Já percebeu como os momentos mais intensos que vivemos são sempre os mais difíceis de serem esquecidos depois que acabam? Falaram pra mim que o tempo cura todas as feridas, mas todos os machucados que tenho espalhados pela alma continuam ardendo sem folga. Já não posso remendar meu coração com curativos, ou substituir os pedaços de mim que ela levou com qualquer outra coisa que faça sentido, porque não existe nada além dela na minha vida que faça mais sentido. 

As lembranças são quase tudo o que me restam, mas não são o suficiente pra diminuir a saudade que sinto dela, porque em cada detalhe é como se eu a sentisse novamente. Quando acordo e vejo o pôr-do-sol pela janela, ou quando chove, e as gotas batem no vidro do ônibus, ou quando aquela nossa música favorita toca na rádio. De vez em quando eu me sinto como uma criança que olha as estrelas e sabe que nunca poderá tocá-las. 

Ela é taurina, moço

07 janeiro 2017

Ela não consegue disfarçar na frente dos amigos e familiares o seu jeito de garota mandona e teimosa, daquelas que ditam as regras e que não desiste fácil. Não adianta convencê-la do contrário, ela é capaz de insistir até você se tornar vulnerável e ceder, porque o jeito orgulhoso dela não a deixa abrir mão daquilo que a faz querer arriscar até mesmo as suas últimas cartas em um palpite, porque essa garota tem uma intuição que parece de outro mundo. Pensa em uma mulher que consegue correr uma maratona inteira só pra provar a sua força e dizer a todos que ninguém é capaz de colocar limites na sua imaginação, e olha que os pensamentos dessa garota vão longe, atravessam galaxias inteiras, e talvez seja por isso que ela é tão aérea, mas quando ela se concentra em um dos seus inúmeros sonhos, não há quem a segure, não há quem a faça voltar atrás.

Não adianta tentar fazer joguinhos com ela, porque se por um lado ela tem a cabeça tão confusa por causa das suas indecisões, quando inventa de arrumar a sua própria bagunça, é ela que acaba decidindo quem fica e quem vai, porque ela não é o tipo de garota que perde tempo com quem não merece sua atenção, e logo de cara, ela já descarta quem não serve pra não correr o risco de quebrar a cara e se machucar, e tudo isso porque ela tem medo de fazer alguma escolha errada e aparecer no dia seguinte com alguns hematomas a mais do que pode suportar. Pode até se ferir por algum deslize, mas ela encontra forças até onde não tem. Quem não a conhece de verdade vai achar que ela só tem essa cara de durona e o jeito de séria, mas depois, quando pega intimidade, é melhor ir se preparando pra ouvir as histórias mais exageradas e dramáticas, porque ela tem um pouco de intensidade em tudo o que faz.

Ela tem no olhar uma inocência que faz muita gente achar que é fácil ganhá-la com alguns elogios e algumas palavrinhas românticas, mas ela está longe de se deixar influenciar por elas, porque essa garota é apaixonada mesmo por atitudes, por quem age primeiro e diz depois, de quem vai atrás ao invés de fazer corpo mole e bolar alguma desculpa pra não arriscar. Não existe pessoa que a faça ficar acuada diante de um friozinho na barriga. Ela é dessas mulheres aventureiras que colocam a mochila nas costas e dirige até o extremo da cidade, que inventa planos pra todos os fins de semana e agita toda a galerinha da faculdade pra ir junto.

Apesar de odiar os joguinhos, ela é cheia de deles. Talvez no começo ela fique na dela, observando onde está se metendo, se fazendo de indiferente até perceber se vale a pena mergulhar de cabeça, mas depois, quando finalmente descobrir que é seguro, vai até o fim, porque ela odeia começar e não terminar, odeia deixar seus planos pela metade. Detesta quem fala e não cumpre, quem quebra promessas como se fosse a coisa mais normal do mundo. Ela aprendeu a nunca fazer com ninguém o que não gostaria que fizessem com ela, esse é apenas mais um dos seus lemas de vida, porque ela é cheia deles.

Pode até parecer difícil fazer uma taurina se despir de tantas armaduras, mas quando ela abre o coração e te permite entrar, você vai se deparar com uma mulher cheia de complexidade e ao mesmo tempo tão repleta simplicidade, vai observar os detalhes que a fazem ser tão determinada, e porque ela tem uma força que a permite encarar o mundo de cabeça erguida. Se um dia ela te deixar fazer parte da vida dela, faça valer a pena cada momento, porque quando se perde uma garota dessas, não há quem a faça voltar. 

ELA ÁRIES SAGITÁRIO PEIXES AQUÁRIO - TOURO - GÊMEOS
ELE ESCORPIÃO 

Eu tô tentando não abrir mão de você

05 janeiro 2017

Se lembra de quando você me disse que tentaria mudar? Nem faz tanto tempo assim. Foi na semana passada, depois de uma das suas inúmeras mancadas. Você me prometeu que tentaria não cometer tantos erros e que faria o possível pra evitar os teus velhos hábitos. Eu sempre fui tão inocente que acabei caindo de novo nas suas falsas promessas. Acreditei fielmente nos teus juramentos como alguém que ainda vê esperança, alguém que enxerga uma luz no fim do túnel, mas em nenhum espaço desse caminho existiu se quer uma pequena chama. Toda essa expectativa que depositei em você é como fogos de artifício, nunca duram tempo o suficiente pra nenhum de nós. 

Estou chegando ao meu limite. Depois de te dar vários avisos, deixar bem claro em cada mensagem que insisti em mandar nas suas redes sociais quando eu nunca deveria ter apertado o "enviar", ainda quero que saiba que eu estou me cansando do seu jeito, e de toda a sua indiferença. Já não consigo lutar tanto por alguém que só me machuca, alguém que faz do meu coração de gato e sapato como se fosse divertido me ver tão desesperada só com a ideia de te ver indo embora, mas eu já não sou capaz de entender qual opção é mais dolorosa, se é continuar te tendo na minha vida ou te pedir pra sumir de vez. 

Eu me conheço bem, e sei que quando você aparecer aqui no portão de casa implorando pra eu te dar uma chance porque se arrependeu de não ter aproveitado todas as outras, vou te entregar mais um pedacinho do meu coração pra você cuidar, mesmo sabendo que cê não vai ter o mínimo de cuidado comigo, que não vai sair correndo quando eu precisar, nem vai me mandar aquele boa noite antes de dormir só pra provar que pensa na gente com a mesma intensidade na qual eu penso em nós. A diferença é que você nunca chegou a gostar de mim do mesmo jeito que eu te amo, e todo esse sentimento que às vezes não cabe no peito, nunca vai ser o suficiente. 

Parece besteira, mas eu já decorei cada traço seu, me lembro o lugar exato onde você tem aquela marca de nascença, e gosto de tocá-la quando você está distraído achando que não estou prestando atenção no jeito como o teu peito desce e sobe quando fica sem fôlego. Queria que a nossa história desse certo, que pelo menos dessa vez eu pudesse agradecer por ter conhecido alguém tão incrível, mas você é como todos os babacas que já ouvi falar, desses que tornam real um coração partido, e o meu já está precisando de uma cola confiável pra curar todos os pedacinhos. 

Mas eu juro por Deus que vai chegar uma hora em que eu vou cansar, que vou abrir mão de todos os planos que criei sozinha, e quando eu estiver pronta pra finalmente ir embora, nunca mais vou querer te dar uma outra chance, por mais simples que seja dizer sim outra vez, porque você já esgotou a cota inteira de oportunidades, e agora eu tô tentando encontrar um jeito de abrir mão totalmente de você. 

Um texto para as mulheres independentes


Não precisa dizer nada, porque eu já sei de tudo. Sei que não tá fácil pra você, mas se isso te tranquiliza, já faz algum tempo que não está sendo fácil pra nenhuma de nós. Já reparou em como a sociedade está mudando? Já prestou atenção na maneira como estamos sendo alvos de tantos comentários e críticas por sermos quem somos? Mas se aceitarmos cada um deles de cabeça baixa, a gente vai continuar vivendo dentro de uma caixa pro resto da vida, por isso, deixem que falem, que pensem, que digam, que reclamem, porque ninguém entende a sua luta, ninguém de fora sabe o que se passa dentro de você todos os dias. Ninguém pode chegar em você e te entregar um manual de instruções dizendo qual a melhor maneira de viver a tua vida, porque é você quem faz as regras, que dita o jogo, que faz as próprias escolhas. 

Mas a gente cresce ouvindo que para uma mulher se sentir feminina precisa usar um salto alto que machuca o pé, porque apenas assim pra ela ir em uma festa ou evento em família. Foi ensinado que roupa define o caráter de uma garota, que quanto mais curta for, mais vagabunda ela é. Ouvi tanta gente pregando por aí que pra ser mulher de verdade ela tem que gostar de maquiagem, e nunca se esquecer de usar aquele batom vermelho ou um pouco de rímel. Já percebeu que o tempo todo alguém está dizendo como a gente deve se comportar? E na maioria das vezes, as mulheres se sentem culpadas por saírem desse padrão que é tão imposto, mas elas precisam agradar o mundo inteiro o tempo todo, não é verdade? Porque se alguma de nós saírem da linha, sempre terá alguns dedos esperando pra serem apontados pra nossa cara, e alguns comentários na ponta da língua prontos para serem ditos. 

Não tô falando pra você parar de usar maquiagem, ou nunca mais sair por aí de salto alto apenas pra provar algo pra sociedade, tudo o que cê tem que fazer é tentar agradar mais a si mesma ao invés de buscar de todos os jeitos possíveis agradar aos outros, faça isso nem que seja comprando um daqueles livros que tanto queria, ou comprando aquela lingerie que te faz se sentir poderosa só de imaginar vestindo-a, ou comprando um pedaço de bolo que cê viu na vitrine de uma padaria. Mesmo sabendo que você sempre encontrará em algum momento da vida alguém pronto pra te julgar, não esqueça que o importante mesmo é continuar seguindo os seus sonhos, e não abandoná-los só porque falaram que "isso não é coisa de mulher". Não precisa mudar as suas posições ou crenças por causa disso, porque ninguém tem o direito de colocar limite nas tuas decisões. 

Não é porque toda a sua família insiste que você se case que tu precisa procurar um homem pra não ficar solteira pro resto da vida, mesmo todos sabendo que se casar não está nos teus planos pro futuro. Se você não tem a intenção de ter filhos, não tenha, se não se sente bem usando rosa, não use, se você não quer aprender a cozinhar, não faça o que não te faz bem, porque quem disse que mulher precisa saber cozinhar? Se você é contra o aborto, cê tem a opção de não abortar, e se você é contra o uso do anticoncepcional, cê pode optar por não usá-lo. Mas você também pode continuar sendo uma mulher tradicional e ser feliz do mesmo jeito, e da maneira que você quiser. A gente não quer ser melhor que os homens, e muito menos torná-los inferiores, só queremos a nossa liberdade, a opção de sermos livres, queremos não precisar nos sentirmos presas por uma ideologia que diz que não podemos ser o que queremos. 

Depois de tudo isso, espero que você possa entender o que ninguém jamais parou pra te ensinar: a força que você precisa está em suas mãos, e agora só depende de ti juntar todo esse poder. Não importa qual a sua origem, a sua cor, sua orientação sexual, ou seu status financeiro. Esse não texto não tem a intenção de usar o feminismo pra impor um monte de regras e dizer o que você precisa fazer, eu só vim mostrar o seu direito de escolher como quer viver, direito esse que ninguém pode tirar de você.

17 desejos para 2017

04 janeiro 2017

E um novo ano finalmente começou, mas não é preciso esquecer todo o passado pra reescrever uma nova história pra nossa vida, basta a gente pegar todas as lembranças inesquecíveis, e trazer todos os momentos incríveis que tivemos em 2016 pra esse novo ciclo que se inicia. Quem sabe até refazer os velhos hábitos, e corrigir todos as falhas e erros que cometemos. Acredito que seja por isso que tanta gente é como eu: adora o ano novo por sentir que recebeu uma nova oportunidade para renovar as forças e ir atrás das metas, sonhos e objetivos, sem desistir ou ameaçar jogar a bandeira de desistência.

E já é de lei fazer aquela famosa listinha com todos os nossos desejos pro próximo ano, e às vezes só colocando no papel mesmo para fixá-las em nós. Esse não será um ano fácil pra ninguém, mas as dificuldades e obstáculos só existem pra mostrar que também podemos ser fortes, e que é possível dar a volta por cima quando as coisas saírem do eixo, o importante mesmo é manter o foco do que queremos, e transformar todos os pensamentos em ações, por isso, apresento-lhes a minha lista de desejos para 2017, lembrando que ela não é uma lista tradicional, e que todos os itens listados tem um peso enorme na minha vida. 

Agora vamos agradecer por recebermos mais 365 dias pra irmos em busca da nossa felicidade, pra criar novas oportunidades, e aproveitar cada uma delas com muita paixão e amor. Não vamos nos esquecer que é preciso muito foco, positividade e determinação nesse novo recomeço. Vale ressaltar que o ano não será diferente se você continuar sendo o mesmo, porque todas as mudanças exigem muita coragem. 


1. Dar prioridade para o blog

Essa é uma das minhas principais metas para esse ano. Em 2016, devido a correria no emprego e ao curso técnico, minha falta de tempo não permitiu que eu continuasse me dedicando ao blog do jeito que pretendia, porém consegui aumentar o número de visualizações, e realizei várias alterações no layout e no conteúdo dos posts, sempre expandindo os assuntos, por isso esse ano pretendo me dedicar ainda mais e organizar com muito amor cada segundo que eu passar por aqui. 

2. Começar a faculdade de Jornalismo 

Um dos meus maiores sonhos pra esse ano é ingressar no curso de Jornalismo. É uma área que admiro muito, e é extremamente importante pra sociedade, pois sem comunicação e todas as informações que recebemos diariamente, a sociedade não seria a mesma. 

3. Ler mais 

Uma das minhas maiores paixões é pegar um livro e mergulhar em cada uma de suas páginas, mas admito que em 2016 quase não consegui encontrar tempo para colocar minhas leituras em dia, e sem contar com os vários lançamentos que perdi devido a isso, porém esse ano quero me organizar a ponto de conseguir voltar ao velho hábito de ler. 

4. Conquistar mais curtidas na fanpage do blog 

Não vou estipular um número exato de curtidas até o final do ano, porém quero fazer a página crescer e assim alcançar outras pessoas com as publicações, textos, frases e reflexões, além de ter a intenção de postar com uma frequência maior na página. 

5. Conhecer a praia

Talvez vocês achem estranho uma garota de 18 anos nunca ter conhecido a praia, mas é realmente verdade: eu nunca a conheci, e morro de vontade de estar sob o sol quente de um verão, com bastante protetor no corpo, observando as crianças brincando na areia enquanto a sinto sob os meus pés descalços, quero sentir o mar, o seu cheiro, a sua beleza, o todo o seu infinito. 

6. Fazer uma nova tatuagem 

Se tem alguém que é extremamente apaixonado por tatuagem, essa pessoa sou eu. Já tenho em mente todos os desenhos que sonho tatuar, mas como não tenho a intenção de encher o meu corpo de tatoo por razões que tem muito haver com emprego e tal, esse ano vou escolher apenas uma tatuagem, porém não me restam dúvidas de que será uma com um significado que levarei para a vida toda. 

7. Escrever um livro 

Já perdi a conta de quantas vezes já coloquei no papel que começaria um livro, e desisti antes mesmo de começar a escrever as primeiras páginas. Não é uma tarefa fácil reunir uma história, criar personagens e escrever um enredo, e tudo isso exige muito da nossa imaginação, mas eu não desisti da ideia, até porque com todas as ideias criativas que diariamente passam por mim, é impossível abrir mão desse sonho.

8. Escrever mais 

Mesmo que eu não escreva nenhum livro esse ano, quero muito continuar aperfeiçoando minha escrita e desenvolvendo a criatividade por meio das palavras e dos textos que diariamente são postados aqui no blog, quem sabe até voltar a estudar todas as regras gramaticais que com o tempo acabei esquecendo.

9. Continuar mantendo o pensamento positivo 

De um tempo pra cá, mudei o meu jeito de pensar quando as coisas estavam a um segundo de darem errado. Ao invés de enlouquecer, gritar, ou reclamar, eu prefiro tentar manter o pensamento positivo, dizendo a mim mesma repetidas vezes que tudo dará certo no final, que na manhã seguinte tudo irá se ajeitar. Muitas coisas na vida dependem do pensamento que você cria. 

10. Aproveitar cada momento com que amo 

Quando você menos esperar, é possível que encontre alguém que mude a sua vida pra sempre, e de um jeito que você nunca imaginou mudar, e então só com o tempo você é capaz de perceber tal mudança, mas saiba que vale a pena deixá-la acontecer. A gente só não pode demorar muito pra perceber que é preciso pouco pra ser feliz, e que na maioria das vezes, nossa felicidade é um abraço apertado, um carinho antes de dormir, um beijo demorado. Por isso esse ano quero aproveitar cada instante do lado de quem amo.

11. Começar um curso de inglês 

Sempre fui apaixonada pelo inglês, principalmente depois de fazer 5 meses de aula em um curso particular e 6 meses tendo aulas de inglês instrumental pelo meu curso técnico de administração, e estou longe de saber muito sobre a língua, mas o pouco que já fui capaz de aprender me conquistou.

12. Conseguir um estágio 

Essa meta não é uma das minhas prioridades pra 2017, até porque conseguir um emprego como estagiária depende de vários fatores, e ainda não sei se terei tempo para enfrentar um trabalho, mesmo se for com uma carga horário reduzida, mas se surgir uma oportunidade, eu posso avaliar a possibilidade de aceitar.

13. Fazer aulas de teatro

Sempre tive muita dificuldade em me expressar para as pessoas próximas de mim, por isso minha primeira opção sempre foi me expressar por qualquer meio de comunicação que fosse possível escrever, mas tenho certeza que o curso de teatro poderá mudar todas as minhas inseguranças e dificuldades quanto isso. Agora é o só esperar o resultado da prova.

14. Não procrastinar tanto 

Esse é um dos meus piores defeitos. Sempre cumpri todos os prazos de trabalhos, projetos, etc, porém só depois de enrolar quase uma semana inteira até finalmente ter a iniciativa de começar, e uma das piores coisas que existem é deixar tudo para a última hora e fazer suas tarefas na correria, pois nunca fica do jeito que tanto queríamos.

15. Ajudar as pessoas que precisam 

Às vezes é alguém próximo da gente que precisa de uma palavra de conforto ou de um ombro amigo pra chorar, mas acabamos não nos conta porque estamos tão afogados nos nossos próprios problemas, achando que são os piores do mundo e que ninguém passar por nada pior, mas a verdade é que não podemos julgar os medos dos outros e nem tratá-los como inferiores, porque a única realidade que entendemos é a nossa, mas a gente sempre pode estender a mão pra alguém que precisa.

16. Ter boas lembranças 

Uma das coisas que mais quero é chegar no dia última dia de dezembro e me lembrar de todas as escolhas que fiz, todas as decisões que mudaram a minha vida pra melhor, dos instantes em que abri mão de uma lágrima pra poder compartilhar um sorriso, das brigas resolvidas que fortaleceram ainda mais o sentimento de amar, poder reviver cada instante que ficou, que marcou, que continua intenso na memória.

17. Agradecer por tudo

A gente passa tanto tempo indo atrás de algumas coisas que esquecemos de agradecer por tudo o que já conquistamos. Sempre queremos mais, buscamos mais, idolatramos mais, e nunca paramos pra olhar todo o caminho que já percorremos, porque cada passo significou alguma coisa. É como aquele música diz: é sentir que o caminho te fortaleceu. Em 2017 vou agradecer por cada pequena conquista, agradecer por cada vitória, por mais simples que seja, porque é possível sim ser feliz com o que somos, e o que temos, só assim pra sermos felizes. 

A gente se vê por aí

03 janeiro 2017

Já faz algum tempo que eu não te chamo em nenhuma das minhas redes sociais, e eu deveria até ter te bloqueado em cada uma delas, mas toda vez que vejo uma daquelas suas fotos e um daqueles seus sorrisos pelo qual me apaixonei tantas vezes, não tenho coragem de te apagar totalmente da minha vida. Meu peito doí só de tentar te esquecer. Também não exclui seu número da minha agenda, e todos os registros das ligações que fizemos estão no celular, porque simplesmente não dá pra te evitar e fingir que a gente nunca se esbarrou por aí.

Sei que não deu certo por várias razões, e que é possível fazer uma lista com todas as nossas falhas, mas o nosso erro foi não ter tentando mudar. Insistimos em deixar tudo como estava, e vivíamos dizendo que era só mais uma briga, e que na manhã seguinte estaríamos bem novamente, mas a verdade é que a maneira como lidávamos um com o outro acabou fazendo o nosso sentimento se esgotar aos poucos, e eu quase não percebi o jeito como eu e você nos afastávamos cada vez mais, era como se estivéssemos voltando a sermos os meros desconhecidos que um dia fomos.  

Queria voltar no tempo e desfazer todas as palavras que disse sem pensar, mas agora é tarde demais pra apagar tantas conversas. Agora eu entendo porque dizem que palavras são como flechas, mas o que não consigo compreender é porque fiz o seu coração de alvo sem ter a menor intenção de te ferir, e no final fui eu que acabei mais machucada. Uma parte de você sempre foi mais forte do que eu, por isso eu tenho certeza que as suas feridas cicatrizaram mais rápido do que as minhas, que por sinal, continuam aqui, no mesmo lugar. 

De vez em quando eu ainda tenho notícias suas, e na maioria das vezes sou pega desprevenida com cada uma das coisas que me falam de você. Não há ninguém que escape das fofocas, mas eu queria não ter ouvido que você começou na academia semana passada, e que fez sua matrícula na faculdade dos seus sonhos, porque doí demais saber que não vou estar do seu lado pra comemorar nenhuma das suas conquistas, e não estarei presente quando alguma coisa sair do controle. Ainda estou tentando me acostumar a sua ausência, mas é difícil te ver longe e ao mesmo tempo sentir que você está tão perto de mim, do mesmo jeito intenso que você já esteve comigo um dia. 

Até hoje tô me perguntando se você sente a minha falta, ou se desde quando fui embora cê tem a impressão de que existe um vazio no lugar que eu costumava ocupar, porque pra mim parece que existe um buraco maior do que a saudade que você deixou. Será que em algum momento do teu dia, ou da sua noite, você já pensou em mim? Será que você já me viu online e teve que segurar a vontade de mandar um oi ou simplesmente perguntar como tenho estado nos últimas dias? Algumas vezes pensei em te escrever, e até comecei com um texto breve, mas eu desisti antes de apertar enviar. Talvez algum dia, a gente ainda se esbarre por aí, quem sabe. 

Um aviso pra você, querido 2017

02 janeiro 2017

E quem diria, você finalmente chegou. Não consigo acreditar no quanto doze meses pareceram se transformar em uma pequena eternidade pra mim, e até parece que vivi uma vida inteira em tão pouco tempo, mas agora que paro pra pensar, olhar pra trás, ou simplesmente refletir sobre todas as 52 semanas que precisei viver pra chegar até aqui, eu não sei o que falar da sua chegada. Mas agora que veio, que continue vindo devagar, sem apressar o que ainda nos espera. Não tô pedindo pra você ser perfeito, porque já entendi que 365 dias são repletos de feedback, que pelo menos sejam mais positivos do que negativos, mas tô torcendo pra que no mínimo seja intenso de um jeito que faça todas as memórias grudarem na gente e nunca mais irem embora. Talvez eu sinta muita raiva de você, talvez em algum instante desses doze meses eu chore feito uma criancinha, ou talvez eu tenha que ser forte quando o mundo inteiro ameaçar desabar sobre mim, e eu até entendo que você não veio pra brincadeira, não veio porque dessa vez vai ser mais fácil, talvez seja até mais difícil, mas eu não me importo de continuar te encarando de frente. 

Você veio no momento certo, sabe? Porque ninguém mais tava aguentando, e cê não faz ideia de quantas vezes precisei ouvir as pessoas criticando a sua demora, falaram que você tava demorando demais e que não viam a hora da sua chegada, enquanto outras não se cansavam de dizer que cê tava chegando rápido demais, e que ninguém mais era capaz de acompanhar o seu ritmo apressado, mas você tem que entender que ano passado foi um ano inteiro de crise, e não foi só na política ou na economia, mas sim na vida. Quem não foi atingido pelo mal humor de 2016 que atire a primeira pedra, mas eu digo por mim que foi uma cacetada atrás da outra, e depois vários pontapés no estômago quando achávamos que tudo estava se encaixando, quando tínhamos a certeza de que poderíamos nos equilibrar depois de uma pancada, mas quem disse que conseguimos nos manter de pé? 

Foi um ano de luta, e teve momentos em que a única coisa que passava pela cabeça era desistir, mas lá no fundo a gente tentou reunir todos os motivos pra continuar, porque não parecia certo que a única opção fosse jogar a toalha e se render. Teve vezes em que eu só queria continuar deitada e transformar aqueles 5 minutinhos em algumas horas só pra ver se assim eu conseguiria recuperar todas as minhas forças, mas parece que a bateria acabou se viciando, mas tudo porque 2016 não deu folga pra ninguém, não é? Mas a gente é brasileiro, e sabe como é, damos aquele nosso jeitinho, e é claro que as feridas de dois mil e dezesseis ainda não se curavam totalmente, e talvez elas continuem ardendo por um bom tempo, mas algumas coisas não se resolvem do dia pra noite ou em um passe de mágica, mas quem sabe não é um amanhã repleto de esperança a única coisa capaz de confortar tantos corações cansados. Dessa vez eu confio em você, mesmo que eu caía e continue no chão, vou achar um jeito de me levantar, porque você já veio com uma porcentagem muito grande de esperança. 

Já vou te tranquilizar dizendo que eu não tô esperando milagre algum, não precisa vir trazendo a realização de todas as listas de desejos que já fiz no começo de todos os anos, porque não é bem o que eu realmente quero, até porque sei que sonhos não caem do céu, e dessa vez não vou pedir uma chuva de ouro, e como já sei que o meu nome não está na lista de ganhadores da mega da virada, não vou começar o ano com vários zeros recheando a conta, mas quem sabe em dois mil e dezoito eu não tenha mais sorte na loto. Não vou colocar todos os meus problemas nas suas costas, dizendo que a culpa é sua, e que esse não é o meu ano, quem sabe o próximo seja, não vou te culpar pelas coisas que saíram da linha, porque só de saber que eu recebi a chance de recomeçar, pra mim já basta, e as nossas vitórias ou derrotadas dependem do quanto a gente está disposto a correr atrás, mas por favor, já que você chegou, vá com calma pra não atropelar ninguém. 

Não sei como vai ser daqui pra frente, mas tudo o que eu quero é ser forte pra ir atrás do que faz bem, não desistir de ir à procura do que enche a alma de paz, quem sabe até me estressar menos, e chorar menos também, porque eu só quero chorar nos momentos de felicidade e evitar todos os instantes de tristeza, mas eu sei que vão existir, mas que eu também seja forte pra lidar com todos eles. Tô torcendo pra esse ser o nosso ano, que todas as promessas não fiquem só nas palavras ou dentro da gaveta escritas num pedaço de papel, que esse ano a gente finalmente aprenda que só depende de nós, e que o poder de transformação é nosso, e que a revolução não é algo místico, mas sim algo que acontece quando transformamos nossas atitudes mais simples em ações grandiosas, só assim pra gente mudar. 

Que os astros estejam certo e você seja o começo de uma nossa história com páginas em branco, porque assim é possível escrever todos os capítulos e mudá-los, e mesmo que não dê pra voltar atrás, que pelo menos a gente possa aprender onde errou, porque tudo o que importa é que a gente chegue no último dia de dezembro e lembre com carinho de todas as coisas que realizamos e sentimos. Aposto que você tá vindo com uma mala cheia problemas pra serem resolvidos, mas pode ter dificuldade também, da mesma maneira que pode ter algumas pedras na metade do caminho, porque de vez em quando algumas brigas acabam nos fortalecendo, mas por tudo que há de mais sagrado no mundo, não me venha com um temporal, ou desastre natural. Por favor, sem muitos impactos. Quando você já estiver se sentindo em casa e familiarizado com tudo, seja a resposta da minha fé, seja a resolução de alguns quebras-cabeças que a gente não consegue montar, seja a paz de uma noite pra quem não consegue dormir, seja a tranquilidade pra quem anda cansado. Eu vou manter o pensamento positivo sobre você, porque sei que você não vai decepcionar.