Mas nunca é tarde demais

20 novembro 2016

Enquanto ainda se é jovem, alguns problemas parecem ser o fim do mundo, mas já percebeu que nunca é? Que no dia seguinte você acorda e refaz todos os seus passos sabendo que o que ficou pra trás tinha que ficar no passado de alguma jeito? O engraçado é que algumas coisas nunca ficam por lá durante muito tempo, porque quando a gente menos espera, alguns dramas voltam e roubam a cena toda, e acabam se tornando o centro das atenções. 

É verdade que não pra transformar todas as nossas aflições em simples dilemas da vida, porque algumas decepções, corações partidos ou lágrimas soltas acabam exigindo muito de nós, e o corpo não aguenta, a vida começa a pesar, e você não consegue dar um passo se quer porque o peso que carrega é tanto que começa a falhar na metade do caminho. Mas você não é o primeiro que precisa suportar toda essa bagagem que o mundo te colocou nas costas, porque já aconteceu comigo, com um amigo, um conhecido, um vizinho, e todas eles tem uma história diferente pra contar, uma história que você nunca prestava atenção até acontecer contigo também. 

Alguns machucados demoram tanto pra se fecharem que na metade do tempo sua reserva de esperança vai se esgotando, porque você não se vê mais capaz de superar as quedas e as rasteiras que o mundo te obrigou a viver, a verdade é algumas coisas a gente precisa aprender na marra, mesmo que isso te arranque a paz, mas acho que você não pode ter medo da vida e muito menos desistir dela, a minha certeza é de que não somos os mesmos de ontem, a gente muda tão frequentemente que nem imaginamos o tamanho dessa mudança, mas ela acontece. 

O erro da maioria das pessoas é achar que a vida é uma droga só porque as coisas não saíram como o planejado, só porque alguns sonhos ainda se encontram dentro de um pedaço de papel, mas isso já acaba se tornando motivo de desistência pra essas pessoas, e eu fiquei sabendo que você também quer parar de tentar. Começa com esse pensamento, e depois você vai abrindo mão de um jeito que nem percebe, diz pra si mesmo que depois tenta resolver, que uma hora vai melhorar, vai procrastinando, e quando se der conta, já entrou na zona de conforto e não consegue mais sair, porém eu tô tentando dizer que não é tarde pra querer fazer diferente. 

Porque se não, é aí que vão entrar as desculpas. Você vai inventando um monte delas e vai ficando melhor, porque você convence as pessoas de que é mais fácil continuar nessa tentativa de esconder a sujeira pra debaixo do tapete do que ir lá e fazer, diz que prefere continuar assim do que correr o risco de se machucar ainda mais quando aquele sonho der errado, e é bem provável que dê, porque quem você conhece que conseguiu de primeira? Algumas coisas exigem tentativas, e é aí que muitas pessoas desistem, mas não seja essa pessoa. 

❤❤❤

O blog vai ter a sua primeira blogagem coletiva, e o tema escolhido é escrever uma carta para o nosso eu do passado, então deixem a imaginação fluir. Postem no blog de vocês e marquem no final da postagem que estão fazendo parte da blogagem coletiva aqui do blog e em seguida comentem nesse post o link do texto, o escolhido será postado aqui no dia 30/11 e os demais terão os links divulgados. 

2 comentários:

  1. Somos jovens, imaturos. Fazemos tempestade em copo d'água. Pensamos que vamos morrer a cada desilusão. A cada sonho que parece meio impossível de ser realizado. Sentimos demais e sinceramente? Talvez essa seja a melhor coisa. Com o tempo vamos deixando de sentir, de tentar, de lutar por tudo aquilo que um dia foi importante para nós. Nunca é tarde demais, para recomeçar, para ir em busca do que se quer <3 "Algumas coisas exigem tentativas, e é aí que muitas pessoas desistem, mas não seja essa pessoa."

    Tô aqui me sentindo inspirada, vou tentar participar dessa blogagem haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas vezes na vida eu acabei colocando limite nos meus objetivos e sonhos, e acredito que muita gente já deve ter feito em algum momento da vida, afinal, somos seres humanos, mas nunca é tarde pra corrigir os nossos erros e tentar mudá-los, porque é assim que vamos amadurecendo e mudando. E tudo na vida se baseia em sentir, em amar, mesmo que demais, porque se faltar essa coisa de sentir a gente perde o sentido da vida.
      Fico feliz que minhas palavras e essa reflexão de última hora a tenha deixado inspirada <3

      Excluir