10 Links favoritos da semana #2 + dica de livro

25 setembro 2016

Essa semana me propôs uma série de conhecimentos aleatórios, vindo tanto dos canais que acompanho quanto das descobertas que fiz na blogosfera. E por conta das inúmeras tarefas que precisei fazer devido aos estudos para o vestibular, insisti em dizer que este post não sairia a tempo, porém aqui está ele, cheio de novidades imperdíveis, e com inspirações para todos os tipos de personalidades e gostos. Listar apenas 10 links que mais gostei é uma tarefa quase impossível, pois são tantos canais incríveis que existem e tantos outros blogs apaixonantes com conteúdos maravilhosos, que se torna difícil escolher, principalmente quando se há tantos para serem descobertos ainda. 

1. Texto: a mais bela de todas (Nostalgia Cinza)

Laura Brand é autora do blog, e é uma garota cheia de sentimentos para mostrar ao mundo, seus textos são certezas que dizem que escrever já se tornou uma necessidade há muito tempo. Suas crônicas são histórias que dizem muito sobre tudo, e principalmente sobre as pessoas, seus sentimentos, suas escolhas e suas saudades, são reflexões impensadas que vão para o papel, metáforas que se transformam em linhas e entrelinhas com extrema facilidade. A maneira como a Laura escreve é que torna tudo tão profundo, palavras soltas que vão encontrando seu próprio lugar em um texto, como uma garoa que vai encobrindo tudo bem lentamente, devaneios que preenchem a alma como um bom livro deve fazer. Um dos seus escritos mais recentes "a mais bela de todas" me fez imaginar que a vida pode ser tão passageira ao mesmo tempo em que se é possível se prender aos detalhes mais incríveis que ela pode oferecer, que o amor para ser de verdade precisa ultrapassar as barreiras do tempo e da velhice. 

2. Sobre o aumento do suicídio no mundo (Fora da Caixa)

Setembro Amarelo é uma campanha internacional que busca conscientizar as pessoas a respeito do suicídio, onde na maioria dos casos é possível preveni-lo. Fora da Caixa é um canal que debate e traz à tona inúmeros temas atuais para serem comentados de uma maneira simples e dinâmica, e por conta do grande incentivo sobre a importância do diálogo para evitar que a escolha do suicídio seja feito, um dos últimos vídeos do canal retrata algumas razões deixadas de lado na hora de determinar porque alguém escolhe dar fim a própria vida ao invés de buscar ajuda. Um dos motivos mais frequentes são problemas externos que pressionam a pessoa, deixando-a vulnerável para encontrar uma solução, é como se alguém colocasse uma venda em seus olhos para que você nunca ache a saída, alguns exemplos são uma crise financeira, o fim de um relacionamento, ou a perda de um ente querido. Também existem as crises existências que acontecem do lado de dentro da alma, onde ninguém reconhece como um problema, e sim como um estado de frescura, de quem não "faz nada da vida", mas nunca é apenas isso, é um vazio interno, uma buraco no meio do peito, uma sensação de não pertencer a lugar nenhuma, a não fazer parte de nada, e nem ser amado por ninguém, o suicídio é uma consequência de quem não consegue lidar com uma depressão. Não é frescura. Com a ajuda certa, é possível prevenir o suicídio sim, então não julgue o que você não conhece, escolha sempre estender a mão para quem precisa. Sua atitude faz bem para o mundo. 

3. Como começar a gravar vídeos (Niina Secrets)

Nunca fui muito fã do canal da Nina, apesar de admirar o seu trabalho como blogueira e youtuber, porém esse vídeo é extremamente necessário para quem tem o sonho de se tornar youtuber ou tem aquela ideia na cabeça que pretende mostrar ao mundo inteiro; já que o Youtube é uma das redes sociais que mais vêem crescendo na atualidade, e que promete possibilitar o alcance de milhares de usuários, alguns elementos e dicas são importantes na hora de divulgar o seu trabalho, seja ele qual for, como por exemplo a qualidade do vídeo, o local onde será gravado, e com certeza, o conteúdo que será abordado, porém uma dica que sempre será bem vinda e que já se tornou clichê, é falar sobre aquilo que você ama, pois assim todo conteúdo criado será feito com paixão, e você já terá um grande conhecimento no instante em que for gravar. Nesse vídeo, Nina faz um pequeno tutorial dizendo como foi a sua primeira gravação para o canal, os equipamentos utilizados e todo o progresso que conseguiu desde então, além de citar alguns dos melhores aplicativos para edição, e qual a maneira mais apropriada para a divulgação dos vídeos. 

4. A série de cada signo (Mundo Paralelo)

Acabei de conhecer o canal do Klebio Damas, porém já me apaixonei perdidamente pelo humor que seus vídeos oferecem, e colocando um pouco de signos no meio é impossível não chamar minha atenção. Acredito em signos com toda a certeza do mundo - ou quase - pois esse negócio não é brincadeira e nunca foi, existem inúmeros estudos por trás de algo que muita gente define como ilusão e perda de tempo, mas a verdade é que comigo sempre deu certo. Tenho alma de pisciana, e peixes é o signo que tem o seu próprio mundo dentro da cabeça, é aquele que sempre vai ter dois lados, duas personalidades, dois amores, duas seres favoritas e dois livros incríveis, nada vai ser muito exato para os piscianos, e certezas sempre serão variáveis impossíveis, está aí o porque da sua confusão que ninguém entende. Nada melhor do que abordar um tema com tanto bom humor quanto o Mundo Paralelo é capaz de fazer. Já imaginou qual série tem tudo haver com o seu signo? Klebio Damas expõe sua opinião sobre seriados de acordo com as personalidades demonstradas pelos signos. Está preparado para se surpreender e aprender um pouquinho mais sobre o zodíaco? Clica no link e ótimo vídeo, e boas risadas. 

5. São Paulo sobre o meu olhar - Fotografias de SP (Nathalia Forte)

Já imaginou o que São Paulo realmente é? Não me refiro a cidade em si, nem a um monte de concreto construído na forma de prédios, nem viadutos e avenidas que engolem a poeira de carros, de ônibus, e de pessoas que passam tão depressas que se tornam apenas meras peças de um quebra-cabeça, me refiro a essência, ao que existe em São Paulo que torna os seus muros os meus prediletos, e se por um lado, alguns sonhos ficam trancafiados em bairros desconhecidos e pensões abarrotadas de pessoas que nem sabem o que fazem, São Paulo é uma maquina de realização de sonhos, de corridas em busca de propósitos, de almas que só querem se apaixonar pela poesia que transformou essa cidade no que é. Outra vez escrevi em um post "SP se tornou poesia. É lugar para sentir demais, amar demais, e sofrer de menos. É aqui que quero aprender a mergulhar em mares que ainda não descobri, mesmo não sabendo nadar. Me sufocar nas esquinas dessa cidade como se pudesse criar um mundo só nosso. Chorar nos bares da vida pensando nas desilusões que já vivemos até aqui. Imaginar coisas que ainda não aconteceram só para poder planejá-las no próximo sábado de manhã. Mas SP é uma poesia discreta, meio que sem rimas e versos, um livro sem conclusão, onde a epígrafe é você quem escolhe. Eu que decidi fazer dessa cidade um poema, mas só vai ler quem estiver disposto a entender seus mistérios e enigmas, a aprender sua história, a sentir a intensidade que ela mostra." Nathalia Forte já diz o seguinte: "Luta! Viver em São Paulo é enfrentar infinitas desavenças até terminar o dia. É conviver com diferenças. É estar sujeito a manifestações, criações, mutações e inovações com todo fervor. Viver a liberdade de poder ser qualquer um, de qualquer jeito." Seu post foi meticulosamente mergulhado em fotografias incríveis e belas que retratam a rotina de SP, das pessoas que vivem e se consomem dentro dela, onde é uma especie de labirinto onde é possível esbarrar em esquinas e precipícios no próximo passo. É aqui em SP que a gente cria, e renova, e desfaz, e constrói de novo, SP é um vício como o de café, o de droga, o de bebida, mas também é cor, é nuance, é amor, é sexo na sexta a noite. Cidade de incerteza, de dúvida, de paradoxos. Aqui a gente nasce, vive, revive, e renasce. SP é o tipo de música contínua, de dança que tira o fôlego, de sagacidade e malandragem. SP não pará nunca.

6. Blog 1001 pessoas que conheci antes do fim do mundo (por Aline Vieira)

Aline Vieira é admirável pela capacidade em conseguir captar a essência da humanidade por meio de gestos e atitudes simples, e a sua ideia é tão criativa que me faz querer explorar o mundo inteiro, de canto a canto, não os territórios e nem os países e cidades dos continentes que existem, mas sim tudo aquilo que há dentro da gente, na alma de pessoas que vão e vem sem muita expectativa e esperança, me fez querer transformar as histórias mais variadas e aleatórias em crônicas, textos, em amor e sentimento. Se um eu me permitir, vou respirar novas essências de segunda a segunda, até o mundo finalmente acabar, ouvir o que os corações gritam, o que os pensamentos carregam entre uma partida e uma chegada. Mergulhar em sonhos que não são meus, realidades totalmente paralelas as minhas, buscar um sentindo a mais para tudo que cultivo, que amo. Aline Vieira escreve sobre pessoas que conheceu por aí, nas estradas da vida, a caminho de viagens. Não importa quem seja, todo mundo sempre carrega um pedacinho de história que precisa ser ouvida, e nada melhor do que se tornar ouvinte de acontecimentos, de romances, de eventualidades, de acasos da vida. Juro solenemente ser mais social e comunicativa nos próximos anos, tarefa difícil e que raramente escapa do papel ou da tela do computador, porém a vida é um acúmulo de riscos que precisam ser enfrentados. 

7. Playlist - Sensações (Totalmente Jovem

A melhor coisa que existe é colocar o fone de ouvido e se deixar mergulhar em sensações novas. Sempre vai existir aquela playlist feita para aqueles momentos em que você está triste, ou aqueles instantes em que a felicidade escapa da alma; uma música calma e suave para esfriar a mente e acabar com aquela dorzinha de cabeça que sempre vem após um dia agitado, ou aquela música que te faz querer dançar mesmo não sabendo nenhuma coreografia, porque o importante mesmo é senti-la percorrendo todo o corpo, mesmo que seja em um ritmo desconhecido e só seu. Sentir é abrir o coração para tudo o que a vida pode oferecer, é permitir se olhar no espelho e sorrir por conta daquela emoção que bate no peito, aquela pontinha de saudade que não desgruda. Sentir é pensar enquanto se está na janela do ônibus. É se recordar de tudo o que você aprontou enquanto toma mais um dos seus banhos demorados. É tomar sorvete e se lembrar de como é nos dias frios. Edson Lopes reúne nessa playlist um pouco do seu gosto, seleciona ritmos diferentes, e letras alternativas, e melodias que tocam a alma como uma fórmula mística, pois é exatamente o que uma boa playlist deve proporcionar aos ouvintes. 

8. Resenha: Batom Lip Matte Nude - Marca Latika (Faltou Açúcar

Dificilmente acompanho indicações de produtos ou marcas na blogosfera, apesar de existirem diversos blogs que fazem ótimas resenhas, principalmente de maquiagens, batons e roupas, aí semana passada enquanto acompanhava o blog da Carla me apaixonei pela sugestão do batom da marca Latika, e quando falo que realmente vale a pena acompanhar a resenha dela, é porque tenho certeza que você também irá se apaixonar pelo produto. É ótima sugestão para presente, seja para a mãe, namorada ou irmã, ou simplesmente comprar para usar naquela festa, sem contar a embalagem do produto que é um charme e já conquista o olhar de quem a vê, e essa cor, Nude, é um dos meus tons preferidos para batom, delicado e simples, sem perder a beleza, e o preço não é tão caro, cabe perfeitamente no orçamento. Por sorte, a loja fica em São Paulo, e no bairro da Liberdade, não muito próximo de onde moro, porém pelo menos é acessível. Corre lá no blog da Carla para ver as fotos, você vai amar.

8. Como deixar o seu texto mais atraente (Eu Amo Escrever)

Escrever é algo que todo ser humano estará sujeito em algum momento específico da vida, seja para uma redação de vestibular, ou para expor seus sentimentos por meio de uma mensagem, porém a verdade é que muitas pessoas não estão preparadas para escreverem nem se quer uma linha, imagina vários parágrafos de uma só vez, por isso a nossa escrita precisa ser desenvolvida cada vez mais, e como a nossa língua é formada por uma infinidade de palavras, não é preciso conhecer todas, porém é necessário saber as regras mais básicas para uma escrita correta. Eu Amo Escrever é um blog em formato de Tumblr, lá é postado matérias que auxiliam na compressão dessas regras e mostram a melhor maneira de aperfeiçoar redações, escritos e histórias, e muitas das coisas que são usadas na edição dos textos que são postados aqui no blog foram aprendidos com a leitura diária dos materiais e das dicas semanais, além de debates gerais sobre música, literatura e filmes que são abordados, sem contar com as ideias criativas para buscar inspiração quando ocorrem aqueles temidos bloqueios mentais. Aprender nunca é tarde ou demais, sempre vai ter espaço pra algo novo.

9. Viagem em direção às emoções profundas (La Parola)

Quantas vezes você já se permitiu sentir hoje? Ou quantas vezes você se abriu para todas as emoções que queriam habitar sua alma nos últimos meses? Será que você fugiu de todas essas vezes, ou simplesmente ignorou por conta da frieza que já existe em você? Olha, sei que alguém deve ter quebrado o seu coração em pedacinhos ainda melhores desde a última vez em que ele foi partido, e que você se fechou para o mundo por conta do medo, da insegurança, da mania de achar que todo mundo é igual, mas isso só piora sua situação, você não pode bloquear as emoções achando que vai se manter protegido, porque na verdade isso vai te destruir, bem lentamente, mas vai. Somos seres humanos feitos para sentir, e para amar, do nosso jeito torto mesmo, da maneira mais desajeitada que conseguirmos. São esses detalhes no simples ato de sentir que dizem muito sobre a nossa humanidade, o nosso caráter, a nossa capacidade de ter empatia. No começo desse texto perguntei quantas vezes você se permitiu sentir, porém vou deixar bem claro que não me refiro ao final da sua série favorita, nem aquela felicidade que faz as borboletas do estômago se agitarem ao estar com o amor da sua vida, nem ao fato de ter conseguido aquela promoção no emprego, me refiro a você, ao que existe aí dentro do peito que te faz se sentir satisfeito com a vida que você tem agora, mesmo que não tenha conseguido alcançar aquela meta diária, ou tenha parado de ir pra academia na semana passada, e nem tenha mais tempo de ir ao cinema nas sextas-feiras, isso é relativo, é algo de fora, mas e aí dentro, como está a bagunça? La Parola é um site que reúne escritores, cronistas, apaixonados por cinema e por uma boa música, um espaço onde é impossível não se sentir inspirado, e o que mais se destaca é a variedade de temas que são abordados semanalmente, com um toque de cultura em cada postagem. Selecionei um texto do autor Ramon S. Nunes que expõe um pouco do universo dos sentimentos, e como a vida passa e às vezes não estamos sentindo o suficiente, ou nem se quer permitimos sentir algo que venha de dentro.

10. Você precisa mesmo? Sobre dinheiro e finanças (Vinte e tantos)

Nós aprendemos de acordo com a ideologia de um mundo capitalista, que é preciso gastar, e consumir, e pagar contas e boletos, não necessariamente nessa ordem, porém somos vítimas de um capitalismo que forma mentes despreocupadas com o dia do amanhã, que não se importam com o que compram, porque no fundo o que realmente vale é ter aquele status de "comprador". Criamos dívidas e no final nos arrependemos, compramos besteiras como se um dia fôssemos precisar daquela roupa, daquele produto, mais um pouquinho de tempo passa desde então e caímos finalmente na real, e se esse dinheiro tivesse sido investido em algo que trouxesse um retorno? E se a compulsão em querer comprar aquela blusinha que estava em promoção tivesse sido controlada na hora, onde estaria seu dinheiro agora? Isabella Barbosa é uma blogueira que expõe em suas postagens um pouquinho de tudo que acredita, principalmente se for para falar do seu amor pela profissão que escolheu, logo jornalismo, uma ciência para os apaixonados pela arte de aprender e em compartilhar as coisas mais incríveis do mundo da maneira que vêem.

Livro: Amor Roxo


Rafael é um eterno artista, apaixonado pela arte de uma maneira profunda demais para ser compreendido por qualquer pessoa, porque para entrar nesse mar de criatividade e inspiração é preciso abrir o coração e destrancar as janelas da alma, só assim para fazer parte desse novo mundo que ele proporciona com o lançamento do seu segundo livro, a única diferença é que dessa vez ele não está sozinho, sua namorada, Júlia Oristanio, também atriz, fez parte de cada página desse segundo lançamento. Conheci o pai do Rafa, João Vitti, em uma evento cultural que ocorreu no prédio da BSGI, organização voltada para o desenvolvimento humano com a intenção de construir uma sociedade repleta de cultura e educação, e desde então, admiro o Rafa, sou totalmente apaixonada pelo seu trabalho como escritor, poeta, ator, e artista.


Sua mais nova obra reúne poemas mergulhados em sentimento puro e em nostalgias que duram a madrugada toda até o amanhecer, é aquele livro que existe para te deixar mais leve, para te incentivar a escrever uma nova história que envolva pensamentos, viagens, e corações, são aquelas palavras que fazem a alma querer colocar pra fora tudo o que estava preso, e lê-lo é só mais um maneira de se encontrar por aí, onde você menos imaginou. Posso escrever linhas e mais entrelinhas de textos, posso me derramar um pouquinho sobre contos e histórias, mas nunca consegui escrever algo do gênero, apesar de sempre existir um toque de poesia em tudo que escrevo, inacreditável, né? Por isso admiro essas pessoas que são capazes de transformar palavras em sentimentos dentro de um livro, de uma página, de um rascunho de vida.

Amor Roxo é feito de sonhos, de corações apaixonados, de olhares silenciosos, de gratidão, de simplicidade, de abraços inesperados. Palavras feitas para esquentar a alma, umedecer os olhos, para fazer a mente pensar na imensidão de alguns sentimentos, na brisa que limpa e renova, no ato de recomeçar quando não houver mais equilíbrio, na sensação de dizer a primeira nota de amor depois de um adeus, de um simples beijo. Alguns amores não se tornaram filmes, e nem inspiraram o mundo todo através do cinema, não ganharam destaque em todas as redes sociais, e nem se tornaram inspiração para trilhas sonoras, poque algumas histórias precisam existir para mostrar que amar nunca é tarde, precisam nascer para revelar que vale a pena deixar o outro marcar o corpo, a alma e o coração. E a de vocês é uma delas. E agora eu sinto uma felicidade profunda em saber que li e reli um grande amor roxo. 



6 comentários:

  1. Quero dizer que adorei a recomendação! Muito obrigado mesmo! Adorei seu blog, estou olhando ele a cada canto. Fico feliz que gostou da playlist!

    Obrigado mesmo. Edson Lopes (Totalmente Jovem)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz de saber que você gostou. Acho a blogosfera um lugar incrível para conhecer outros blogs, novos conteúdos e pessoas maravilhosas também, então é um prazer recomendar os meus favoritos <3 a playlist ficou incrível.

      Excluir
  2. Obrigada, adorei o post, as recomendações e seu blog é uma graça, voltarei mais vezes! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nath <3 fico muito feliz que tenha gostado!!! Beijos.

      Excluir
  3. Caraca, que post cheio de informações, adorei, parabéns. Você detalha super bem as coisas.
    Obrigada por indicar meu post, é uma honra aparecer entre tantos blogs legais. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, que incrível você por aqui, fico feliz que tenha gostado, e tento fazer o impossível para detalhar o máximo que conseguir para os leitores, é uma honra sugerir tantos blogs que amo aqui no meu, volte sempre <3

      Excluir