Você sabe como é viver com depressão?

17 junho 2016

A depressão se arrasta sobre você silenciosamente, no início você luta contra as coisas pequenas, mas normalmente escolhe ignorá-las. É como uma dor de cabeça que você insiste em dizer que é temporário, vai passar, que é só mais um dia ruim. 

Mas não é. Você está preso nesse estado mental. Você se acostuma a colocar uma máscara social e continua vivendo em meio às pessoas, porque é isso o que você tem que fazer. É isso o que os outros fazem. 

No entanto, o problema não passa, e você luta para levantar todo dia, e começa a ficar mais difícil a cada dia. É aí que você cai mais fundo ainda, e é aí que você vai aos poucos se afastando da família e amigos, às vezes isolando-se deles completamente. 

Toda a satisfação vai embora. As pequenas coisas que te alegravam são agora sem importância, e mesmo as tarefas mais simples tornam-se dolorosos, e é aí que começa a faltar motivação. Por que continuar tentando, se nada te faz feliz?

Tudo te faz sentir-se ainda pior e você se vê preso em um círculo vicioso. Subitamente você se encontra vivendo em câmera lenta. Os dias se tornam indistinguíveis. É apenas um ruído branco, apenas um peso preenchendo sua cabeça e se derramando sobre seu corpo. 

Você sente que nunca será feliz novamente. Você continua a recuar e destruir relacionamentos. Você se envergonha de tudo o que faz, e de tudo o que não fez. Há uma parte de você que quer fazer as coisas direito, uma súbita onda de positividade o faz querer sair e encontrar pessoas, mas tudo passa muito rápido, porque você sabe que não vai funcionar de qualquer maneira. 

Coisas que deixam seus amigos animados o deixam indiferente, e você fica ciente do imenso abismo entre vocês. Outro fracasso não é uma opção, então no fim você decide ficar sozinho na sua zona de conforto, onde ninguém faz pergunta. A baixa autoestima e falta de propósito tornam-se insuportáveis. Você finalmente percebe que não pode continuar desse jeito e duas coisas podem acontecer: ou você decide buscar ajuda, ou você pode vir a tentar suicídio. 

LEMBRE-SE - DEPRESSÃO TEM CURA. 
SE VOCÊ É UMA PESSOA COM DEPRESSÃO, E ESSE TEXTO CHEGOU ATÉ VOCÊ, MANDE UM E-MAIL PARA LUA.INTENSA@OUTLOOK.COM.BR. OU ACESSE: O CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA: CVV.ORG.BR. 

FONTE E VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=EJ_S5Rjt_iI

Já mediu a extensão do seu amor hoje?

12 junho 2016

E eu já me machuquei inúmeras vezes nessa longa estrada chamada vida. Foram tantas quedas que já nem me recordo de algumas delas, embora ainda existam muitas cicatrizes espalhadas por toda minha alma.

Algumas vezes, agi por impulso, entre um batimento acelerado e um pensamento frenético. Na loucura de uma ideia simples, ou no mais espontâneo ponto de vista. Sentei, em silêncio, diante de um burburinho de lembranças passados e na presença de anseios futuros. 

E nada me meio a mente, além da certeza de que só restava ser melhor. Observei - entre a escuridão dos meu olhos fechados e a claridade que explodia em minha consciência - que nenhuma ligação com o receio, com o medo e com a covardia poderia me levar a qualquer lugar que não fosse essa confusão e incerteza que eu tinha. 

Uma parte de mim era insegura demais para nunca abaixar a cabeça para ninguém, meu lado medroso não me deixava dizer não a tudo o que eu queria deixar de lado por alguns segundos, e minha confusão era grande demais para ser empurrada para debaixo do tapete tantas vezes. 

Mas existia algo que sempre me deixou a um passo a frente, que me fez ter a condição de continuar também, continuar tentando dar a volta por cima, algo chamado amor

Quantas vezes eu já segurei o choro na frente das pessoas por ter medo de ser vista como alguém inferior e incapaz, e então aprendi a vencer esses obstáculos que mais pareciam paredes feitas de tijolos impenetráveis, e mesmo assim, tive amor por esse aprendizado.

Quantas vezes eu já desisti de tentar algo com medo de um novo fracasso, e depois me arrependia infinitamente por ter desperdiçado minhas únicas oportunidades, e mesmo assim, senti o quanto a vida era mágica e cheia de amor por ela continuar, apesar dos meus erros.

O amor que depositei nas coisas que tinha o prazer de realizar, como por exemplo, ouvir os corações abandonados de pessoas que eu não conhecia tão bem assim, apoiar o sonho de pessoas que também não faziam parte do meu grupinho de amigos.

E o amor presente na simples atitude de ser quem nasceu para ser, sem medo e ressentimento. 

Porque se conhecer é tão importante?

08 junho 2016
"Quando me aceito como sou, posso então mudar."


O ser humano é um ser de possibilidades, onde cada mente é um lar diferente, onde cada pensamento é repleto de universos incompressíveis e ocultos, e quantas pessoas vivem, ou continuam vivendo, e se questionam a cada momento, porquê?

Ou simplesmente vão caminhando, avançando, e às vezes, retrocedendo até finalmente perguntarem a si mesmos, porquê? E não existe questionamento mais verdadeiro e nobre do que esse. 

Todos os dias, ouço pessoas reclamando de suas escolhas, se arrependendo das decisões que tomaram, chorando porque ultrapassaram limites que até então, não compreendiam, e não foram capazes de superar; pessoas que abandonaram sua coragem porque não entendiam os seus próprios medos; pessoas que desistiram no primeiro erro porquê não perceberam suas falhas antigas. Comigo não foi diferente.

Todos nós somos mais do que letras, mais do que as frases que escrevemos e as fotos que postamos, somos atitudes, sentimentos, e ideias, mas e quando não temos o menor conhecimento do que isso significa, será que poderíamos compreender o melhor que existe em nós?

Ou a melhor maneira de controlar aquelas emoções que parecem mais um bicho de sete cabeças do que um simples defeito? Como seremos capazes de entender porque erramos, se não conhecermos aqueles defeitos e falhas que sempre ignoramos? Como desenvolver as nossas habilidades se ainda não sabemos quais são elas? Estas, e muitas outras, são perguntas intermináveis [...]

O maior desafio que enfrentamos é descobrir quem somos, o que nos motiva, o que nos enfraquece, o que faz o nosso olho brilhar, os lábios se abrirem em um sorriso, uma lagrima escorrer lentamente, só assim poderemos mudar, transformar, e recomeçar, porém recomeçar de um jeito que você se aproxime ainda mais de si mesmo. 

Se dê uma chance de dizer não

04 junho 2016
"Eu tô cansada de pensar com a cabeça dos outros, ou de aproveitar o pensamento das outras pessoas só porque eles estavam prontos mesmo."


Só tenha certeza de uma coisa: você é mais livre do que imagina, mais solto do que uma pena fugindo do vento, mais leve do que uma brisa suave, mais sinuoso do que as ondas quebradiças do mar, pois em cada olhar misterioso, em qualquer pensamento rápido e abstração necessária, existe uma parcela muito pequena de quem você realmente é. 

Cada decisão descreve quem somos, também quem queremos ser, e também quem estamos tentando ser ao longo do tempo, e o quanto estamos conseguindo isso; elas dizem muito sobre nós, por isso não é difícil fugir do que acreditamos, dar a meia volta e renunciar aquela ideia particular que pertence apenas a nós. 

E da mesma maneira que retroceder é fácil, é bem mais difícil dizer, mesmo que repetidas vezes, que não, que não iremos abandonar os sonhos que sempre cultivamos, que não vamos desmoronar na próxima colisão, que não seremos nós, os primeiros a desistir quando só restar uma única tentativa. 

Mas todo mundo diz sim, sim ao que as pessoas falam, sim aos esteriótipos que determinam quem devemos ser, o que precisaremos agnegar para percorrer o mesmo caminho que uma sociedade segue, sim as palavras negativas e ruins, sim aos julgamentos que ouvimos sobre nossa personalidade, e sim a abandonar nossos propósitos. 

Sempre existirá duas escolhas, um sim e um não esperando para serem ditos por você, por mim, por cada um de nós. Se dê uma chance de dizer não mais vezes do que o habitual, dizer não a tudo que atrasa sua vida, tudo que faz você ter medo de ser quem nasceu para ser. Diga não. 

BILHETE: obrigado por ter me mostrado uma força que eu não sabia que tinha, por ter me feito ainda mais grande com a sabedoria de suas doces palavras sobre todas as criticas que já recebi na vida. Obrigado por acreditar tanto em mim, e estar sempre ao meu lado quando precisei, obrigado por ter me mostrado esse meu lado corajoso, sonhador, lúcido, altruísta. Você é incrível.